Recife, capital brasileira do whisky

Crédito: Reprodução

Quem pensa na Capital de Pernambuco, com sua praias e calor que chega a 35ºC no verão, logo associa ela uma boa cerveja gelada. Mas uma pesquisa recente da consultoria Nielsen apontou que o consumo de whisky na região metropolitana de Recife é quase quatro vezes maior que a média nacional.

Pesquisando mais sobre o assunto, descobri que em 2009, a cidade já tinha sido apontada como a maior consumidora de uísque do mundo (chupa Escócia). Dados da Diageo (empresa controladora da Johnnie Walker) apontam que o modo preferido dos recifenses em tomarem whisky é com cubos de gelo feitos de água de coco. Nada mais brasileiro do que isso…

Aliás, poucas empresas se beneficiam do gosto dos pernambucanos do que a Johnnie Walker. A vendas da bebida no Nordeste representa 37% das vendas da marca whisky no país, o que representou uma mudança de pensamento muito forte para os marketeiros da empresa do senhor de bengala e cartola. Antes, São Paulo e Rio de Janeiro era os focos de divulgação da empresa, mas, com o novo investimento na região, as venda da Johnie Walker cresceram 30% no ano passado.

Outro fato curioso, foi que em 2011, pela primeira vez na história da Johnnie Walker, foi criada uma campanha voltada para um país em específico. O comercial “O gigante não está mais adormecido” foi uma resposta da marca para o mercado de whisky, que cresce cada vez mais por aqui.

Eu, particularmente, não entendo muita coisa de whisky, apesar de saber que é uma das bebidas com alta exigência por parte de seus consumidores. O que mais me alegrou nesta notícia, foi o fato de uma marca gigante no mundo voltar os olhos para o país, ainda mais para uma cidade que não seja o Rio ou Sampa. Só mais um sinal de que a percepção do brasileiro para o mundo só cresce.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »