Inscreva-se no Canal

5 erros que todo bonzinho comete (e que você TEM QUE evitar)

É claro que o problema em ser bonzinho não é ser uma boa pessoa. Ser uma boa pessoa é ótimo. Aliás, todo mundo deveria tentar. O problema em ser bonzinho é ser bonzinho o tempo todo, bonzinho com quem não merece, bonzinho com quem você precisa ser duro.

O problema em ser bonzinho é não se impor: tanto no trabalho quanto na vida pessoal. O problema em ser bonzinho é não ter a malícia de perceber que não dá pra ser bonzinho com todo mundo.
Se você é bonzinho demais e, por isso, acaba sendo deixado para trás, vai se identificar com esses 5 erros! Veja como aprender com eles:

Extrapolar os limites

5 erros que todo bonzinho comete (e que você TEM QUE evitar)

Normalmente, quem é bonzinho demais a vida toda e cansa de agir dessa forma acaba extrapolando os limites do bom senso e se torna um grande babaca. Não faça isso!

Deixar de ser bonzinho ao extremo não é abraçar o extremo da falta de empatia, é, na verdade, entender que em algumas situações você precisa se impor e se colocar em primeiro lugar.

Aquele cara otário do trabalho – que pisa nos funcionários e humilha os subordinados – provavelmente foi um cara bonzinho “demais” no passado que cansou de ser desvalorizado e, por isso, resolveu se vingar do mundo agindo como um escroto.

Aquele seu amigo que trata mal as mulheres provavelmente sofreu muito no passado e, agora, quer se vingar de todas as garotas do universo por achar que todas elas vão humilhar ele no futuro.

Muitos homens que fazem isso, fazem por achar que só vão conquistar uma mulher se a tratarem mal. Mentira. Ninguém é obrigado a ficar com outra pessoa só por ela ser boazinha; isso acontece quando rola tesão, vontade e admiração. Você não deve ser uma pessoa legal esperando que a outra queira ficar com você por isso. Você deve ser legal porque é legal e ponto final.

Então, se você se acha extremamente bonzinho, não cometa esse erro. Não encare o mundo de uma forma tão dura por acreditar que todo mundo vai pisar em você.

Para se impor você não precisa ser um otário, basta enxergar os momentos que pedem pulso firme e agir de acordo.

Por exemplo: você fechou um grupo de trabalho na faculdade mas nenhum membro parece colaborar com as entregas? Seja gentil na cobrança da primeira vez, mas quando sentir que todo mundo está subindo nas suas costas, se imponha sem pirar.

Seja firme e diga: “se vocês não entregarem o que foi combinado até o final desta semana, eu não vou me encarregar de fechar as lacunas. Pelo contrário, vou entregar a minha parte e o professor se encarrega do resto”.

Ser submisso

5 erros que todo bonzinho comete (e que você TEM QUE evitar)

Todo bonzinho já passou por isso! Ser submisso é péssimo para a sua carreira e para as suas relações pessoais.

É claro que você deve saber quando deve seguir uma ordem e quando deve respeitar a opinião e a imposição de alguém, mas também deve saber dizer o que pensa e compartilhar a sua visão sobre as coisas.

Se, por exemplo, alguém no trabalho disser para você que determinada atitude deve ser tomada e você não concordar porque sabe, por experiência e conhecimento, que aquilo não vai dar certo, diga. Fale: “eu entendo o que você está me pedindo, mas eu acredito que isso não deve ser feito por causa de X, Y ou Z”.

Ser submisso é fazer todas as vontades dos outros sem pestanejar, ficar quieto e aceitar todas as críticas mesmo quando você sabe que agiu da forma correta.

Você é essa pessoa? Então, pare com isso. Mas tome cuidado porque a linha é tênue entre acreditar que está certo porque realmente está ou acreditar estar certo porque é orgulhoso. Tenha plena consciência das suas atitudes e seja honesto com você mesmo.

Não ter amor próprio

5 erros que todo bonzinho comete (e que você TEM QUE evitar)

A falta de amor próprio pode surgir de vários problemas passados: um péssimo relacionamento com os pais, por exemplo, ou um trauma na vida pessoal ou profissional. Mas, independente da causa, a conseqüência é a mesma.

A falta de amor próprio nos torna frágil e submisso.

Se você não se ama por se achar ignorante, estude. Se você não se ama por achar que seu trabalho é uma droga, troque de trabalho. Se você não se ama por achar que é feio, se olhe no espelho e aprenda a valorizar cada detalhe do seu corpo.

Não deposite nos outros o que deve nascer de você. Amor não se mendiga e não se implora. Ninguém deve te fazer se sentir extraordinário, isso deve nascer de você: você deve se achar inteligente, atraente e engraçado e, se por algum motivo você acha que não tem essas qualidades, lute para conquistá-las em vez de ficar se lamentando por aí.

Não é fácil, mas a jornada até conquistar tudo isso é o que vai te manter em pé para se tornar uma pessoa cada vez melhor.

Então, não se coloque para baixo na frente de alguém que você admira. Dê o seu máximo e saiba o seu potencial. Se, por exemplo, você estiver em um debate na faculdade e começar a dizer sua opinião se nivelando para baixo, no sentido: “posso não ter muito conhecimento sobre isso, mas…”, você já vai minar sua voz antes mesmo dela alcançar os ouvidos das outras pessoas.

Se, por exemplo, você estiver na balada e chegar em uma garota dizendo: “olha, posso não ser muito bonito, mas…”, você já vai estar minando o interesse dela logo de cara.

É óbvio que existe uma diferença entre ser humilde e não ter amor próprio, mas só você vai poder estipulá-la para, novamente, não se tornar um babaca arrogante quando você só quer demonstrar que sente orgulho de si mesmo.

Acreditar que sabe tudo de todo mundo

5 erros que todo bonzinho comete (e que você TEM QUE evitar)

Você, alguma vez na sua vida, já disse algo como: “ah, ela não quer ficar comigo porque só fica com cara malhado ou rico”, ou “ah, ele não quer me promover porque só promove caras que saem para o happy hour com ele”? Se a resposta for sim, pare com isso agora.

Acreditar que sabe tudo de todo mundo é um erro extremamente comum e, no fim das contas, absurdamente arrogante. Você tira o seu da reta e coloca a culpa nos outros por algo que, muitas vezes, não é culpa de ninguém.

Se a garota não se interessou por você, a culpa não é da sua falta de grana ou do seu corpo. Ela simplesmente não se interessou, fim. Se o seu chefe não te promoveu, isso provavelmente ainda não aconteceu porque ele acredita que outra pessoa tem um perfil melhor que o seu para determinada função.

Em vez de acreditar que as pessoas se dividem em blocos previsíveis de comportamento, você deve se empenhar para ter certeza que está fazendo o melhor sob as suas condições.

Se esforce para trabalhar bem, estude, se dedique para aprimorar seus conhecimentos, confie em quem você é e pronto.

Não relaxar

5 erros que todo bonzinho comete (e que você TEM QUE evitar)

Muitas vezes, quando percebemos que somos bonzinhos demais acabamos não relaxando para tentar nos tornar alguém diferente.

Todos os nossos movimentos se tornam friamente calculados e cada palavra que a gente fala precisa estar carregada de teorias e embasamento científico antes de ser dita.

Como acabar com isso? Relaxando. Sendo uma versão mais leve e segura de si mesmo. Pare de achar que o mundo está girando contra você, que as pessoas estão determinadas a te prejudicar, te fazer se sentir mal ou inferior.

Eleanor Roosevelt disse que ninguém pode fazer com que você se sinta inferior sem o seu consentimento, então, leve isso para a sua vida e relaxe.

Compartilhe


Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »