Lugares mais badalados para passar o Carnaval no Brasil

Créditos: Reprodução

 

Mal deu tempo de se recuperar da virada do ano e já precisamos nos preparar para o Carnaval. Em 2016, essa festa acontece bem cedo, no dia 9 de fevereiro e, se você ainda não reservou a casa alugada ou o hotel para aproveitar os quatro dias de folia, ainda dá tempo!

De acordo com a opinião de quem não perde um Carnaval há anos e gosta de explorar vários lugares diferentes do pais nesta época do ano, listamos os principais destinos para aproveitar os dias de folga de um jeito tipicamente brasileiro.

Fortaleza

Créditos: Reprodução

 

O Carnaval de Fortaleza, assim como em vários outros lugares do Brasil, não começa e termina nos dias estipulados pelo calendário. A festa por lá dura muito mais tempo e, dentro da cidade, você pode aproveitar seis regiões diferentes de acordo com o seu estilo. Por exemplo, tem área com mais festas de axé e outras que tocam até rap.

Se você quer um Carnaval de rua, pode desfilar nos blocos espalhados pela cidade inteira, basta checar os horários na agenda de Carnaval. Ao redor deles, os bares ficam sempre cheios e o ambiente é incrível.

A principal passagem dos blocos é pelas ruas da Praia de Iracema e, se você quer ver desfiles de escola de samba, pode ir para a avenida Domingos Olímpio.

Além de curtir blocos tradicionais como o Cheiro e o Luxo da Aldeia, você também pode aproveitar para visitar o centro histórico e conhecer a cultura da região.

Florianópolis

Créditos: Reprodução

 

Floripa também se transforma para o Carnaval e proporciona um clima de total imersão nessa experiência. Mas, se você quiser fugir da folia, também consegue! São dezenas de praias espalhadas pela ilha para você conhecer.

Os blocos de rua passam por praticamente todos os bairros e, se você quer conhecer o mais famoso, não deixe de seguir o Bloco dos Sujos, onde os homens se vestem de mulheres.

A cidade também proporciona várias festas fechadas e sunset parties na beira do mar. Se você não curte muito marchinhas, pode participar do Carnaval Music Park, festival de música eletrônica, ou da mega festa que acontece na casa de luxo Fields, no centro de Floripa.

Se você está em dúvida de qual praia ou região ficar, a melhor sugestão é se hospedar no centro ou na região da Lagoa da Conceição: próximas de praticamente todos os eventos, bares e melhores baladas da cidade, essas áreas são garantia de festa o dia todo.

O norte da ilha, por exemplo, apesar de ser maravilhoso e ter suas atrações, é bem distante do agito central; porém, é repleto de festas na beira do mar que custam cerca de R$100 por dia.

Manaus

Créditos: Reprodução

 

Nunca pensou em passar o carnaval em Manaus? É hora de mudar de ideia! O Carnaboi é uma mistura da batida carnavalesca com o tradicional Festival Folclórico de Parintins – uma cidade no interior do Amazonas.

Todos os anos, a festa reúne cerca de 200 mil pessoas dentro do sambódromo da cidade e os carros elétricos são seguidos pela multidão.

Se você quiser conhecer a história do Brasil, Manaus também é o lugar certo para isso. Além das várias construções históricas, a cidade oferece roteiros maravilhosos pelos rios e pela abrangente natureza da floresta Amazônica.

Diamantina

Créditos: Reprodução

 

Um pouco menos agitada que Ouro Preto mas, mesmo assim, extremamente movimentada, Diamantina tem festas 24 horas por dia. Entre as ruas estreitas e os casarões antigos, acontecem os desfiles do blocos. Durante a noite, cerca de 15 mil pessoas se reúnem na Praça do Mercado Velho e a batucada da madrugada é comandada pela Bartucada e BatCaverna.

Por ser um Patrimônio Histórico Nacional, há várias paisagens, casas e estruturas tombadas pela UNESCO. Vale conhecer esses registros históricos se você quiser descansar um pouco das milhares de festas que lotam as ruas da cidade.

O site Carnadiamantina seleciona, anualmente, casas para aluguel e vende ingressos e abadás para as melhores festas.

São Luiz do Paraitinga

Créditos: Reprodução

 

Um carnaval também em clima histórico: São Luiz é uma pequena cidade no interior de São Paulo e, por seu tamanho, o carnaval toma todos os cantos da cidade. Lá, é proibido tocar axé, funk, pagode ou sertanejo durante os dias do Carnaval. A proposta é manter a essência da festa e ser, realmente, um reduto para quem curte viver esses quatro dias de folia do jeito mais original possível.

Uma enchente abalou a cidade e o centro histórico em 2010, mas, já há um tempo, São Luiz recebe muitos turistas e o carnaval continua cada vez melhor por lá.

Os blocos seguem ao longo da tarde e durante a noite e, para curtir sem preocupação, a melhor sugestão é alugar uma casa nas principais ruas da cidade.

Olinda/Recife

Créditos: Reprodução

 

Talvez este seja um dos carnavais mais reconhecidos e admirados por quem curte a essência da festa. Assim como acontece em São Luiz, em Olinda também é proibido tocar funk, axé, pagode e sertanejo durante os dias de folia.

O ritmo adotado na cidade é o frevo e maracatu, com vários blocos de rua, que desfilam pelas ladeiras de Olinda, e carregam os típicos bonecos gigantes vestidos com fantasias criativas. O “Homem da Meia-Noite”, por exemplo, é o mais antigo e data de 1932.

Para aguentar a festa precisa de energia. Assim como Diamantina, o agito não para em Olinda mas o clima é diferente; no Recife Antigo, o clima é leve, típico dos carnavais de antigamente.

O Carnaval de Olinda é um dos mais baratos e democráticos do país! Para se hospedar, a sugestão é ficar em um hostel ou pousada e, lá, conhecer muita gente nova.

Em Recife, não deixe de aproveitar o Galo da Madrugada, o maior bloco da terra!

Ouro Preto

Créditos: Reprodução

 

Em ritmo universitário, o Carnaval de Ouro Preto é excelente se você tem pique, alma, e espírito de quem ainda não se formou na faculdade. Em um clima de jogos universitários, a festa aqui acontece dentro das centenas de republicas estudantis e, é claro, nas ruas históricas da cidade.

Os blocos de rua sobem as ladeiras e se reúnem na Praça Tiradentes e, se você quiser manter o clima universitário, pode participar dos blocos estudantis organizados pelas repúblicas.

Se você quiser se hospedar em uma república na cidade histórica mineira, saiba que os pacotes são fechados e todos os dias são open bar!

Rio de Janeiro

Créditos: Reprodução

 

O Rio é um dos lugares mais procurados por turistas estrangeiros e seu carnaval é bem abrangente mas, para curtir os blocos, uma dica: você precisa acordar cedo.

Os principais blocos da cidade começam por volta das 9 horas da manhã e muitos já terminaram por volta das 15h! Então, se quer curtir as festas noturnas, é melhor dormir bastante durante a tarde.

Para se locomover, escolha o metrô. Dentro dos bairros principais, é praticamente impossível andar de carro, táxi ou ônibus.

Você pode ver os desfiles da Sapucaí ou aproveitar as centenas de blocos de rua! O favorito entre muitos foliões é o Bloco da Areia, na região do Leblon, e o Sargento Pimenta, no Aterro do Flamengo.

Se você não se importa com multidões, pode curtir também o Cordão da Bola Preta, o maior e mais tradicional bloco da cidade.

Paraty

Créditos: Reprodução

 

Quer viver uma experiência de um carnaval típico, com bonecos característicos, blocos, fantasias e clima histórico, sem precisar encarar multidões e podendo curtir praias e paisagens paradisíacas sem precisar abandonar os bloquinhos para isso?

Em Paraty, você pode viver tudo isso sem tanta bagunça. Os principais blocos começam a desfilar no fim da tarde e a festa vara a madrugada e, durante o dia, você tem total liberdade para aproveitar as praias nas proximidades e até dar um pulo em Trindade para aproveitar uma tarde mais tranquila.

Para se hospedar, a melhor opção é ficar no centro histórico! Os principais blocos partem de lá e também se concentram na região durante a madrugada.

Se você escolher Paraty, não perca o Bloco da Lama! Os foliões desfilam depois de mergulhar no mangue da Praia de Jabaquara e caminham como seres praticamente pré-históricos até a região central da cidade.

Salvador

Créditos: Reprodução

 

Sem dúvida, o carnaval mais procurado do Brasil. Para aproveitar em Salvador, você precisa estar disposto a encarar multidões! Os maiores artistas baianos se apresentam nos trios elétricos que fazem rodízio pelos três principais pontos turísticos da cidade.

Caso você queira fugir dos trios no chão, pode fechar pacotes de camarote como o mais famoso, o Camarote Salvador. O preço é salgado, mas vale a pena pela comodidade, atrações exclusivas, localizações privilegiadas e, é claro, o open bar incrível.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »