Trilha sonora perfeita para a Hora ‘H’

horaH

Quando as coisas estão ficando mais quentes, existem pessoas que gostam de colocar uma trilha sonora para relaxar e deixar o clima mais interessante.

Segue aqui então mais uma lista feita especialmente para esse momento com músicas que ajudarão (mais uma vez) a mostrar seu gosto musical refinado.

Ah! E se quiser, dá até para fazer uma playlist com todas elas e deixar no repeat a noite inteira:

“Let’s Get It On” – Marvin Gaye

Essa é a mais clássica da lista mas simplesmente não poderia ficar de fora, é um chamado sensível e sensual para uma conversa no pé do ouvido, uma dança lenta para ir se aproximando. Coloque-a antes de tudo, para começar a preparar o clima. Como ela mesma diz “Let’s get it on”…

“Ooh La La” – Goldfrapp

Alison Goldfrapp sabia o que queria quando compôs essa música no estilo disco-dance. Cantando com um susurro sexy e um ritmo clássico de cenas sensuais de filmes, “Ooh La la” é indispensável para lista.

 

“F.E.E.L.I.N.G.C.A.L.L.E.D.L.O.V.E.” – Pulp

Jarvis Cocker canta sobre a saudade da sensação de dormir com a sua amada, saudade essa que ele chama de Amor. Precisa dizer mais? A gente sabe exatamente que sensação era essa.  E para ajudar ainda mais, Cocker canta no seu tom grave e sussurrado clássico e com uma linha de baixo pulsante criando uma atmosfera para eventualmente explodir a música em um clímax que remete à tal sensação.

 

“Je t’Aime…Moi Non Plus”  – Serge Gainsbourg

Você pode pensar que não conhece essa música, mas você conhece. O cantor francês Serge Gainsbourg estava de fato falando isso para a inglesa Jane Birkin no estúdio (e fazendo). Isso é tão verdade que fez com que a música fosse banida pela BBC, o que só ajudou no fato dela se tornar uma música mais do que sexy. Além do mais, músicas em francês ajudam bastante no clima.


“Lay It Down” – Al Green

Apesar de ser conhecido como Reverendo, Al Green sabia como ninguém fazer músicas para aquele momento mais íntimo. Talvez para provar que o ato de amor pode ser algo que nos eleva.


“Ball and Biscuit” – White Stripes

Jack, você sabe muito bem como embalar duas pessoas com um ritmo lento e que quase nos hipnotiza com o riff da guitarra. Colocar na letra frases como “I’ll let you see it if you want to…” é jogo baixo. E nem falei sobre a explosão da guitarra no refrão, é aquele momento sublime em que as coisas podem ficar bem interessantes. Obrigado.

“Do Right Woman, Do Right Man” – Aretha Franklin

Ela é a rainha do Soul e não poderia de forma alguma ficar de fora. Uma balada onde você ouve “Take me to heart/And I’ll always love you” é um convite mais do que romântico para ficar bem junto. Aretha canta sobre esse desejo quase impossível de segurar mas lembra delicadamente que você deve respeitá-la enquanto estiver do seu lado. Faz todo sentido, não?

“Do You Mind” – The xx

As músicas da ‘The xx’ podem te fazer ficar com medo ou com…Bom, depois de ouvir “would you like to spend the night? The whole night?” acho que não precisa de mais nada. Ajuda o fato de ser um dueto, se ela conhecer a música, pode até criar uma nova brincadeira.

“Untitled (How Does It Feel?)” – D’Angelo

Aqui vai uma dica: se for colocar a música na hora ‘H’ não dê play no vídeo. No clipe, D’Angelo aparece quase todo tempo semi nu. Tá, vou melhorar essa dica. Se quiser que essa se torne uma balada soul cativante, interessante e que possivelmente te levará a outras terras, não assista ao clipe, você não vai querer ficar com a imagem de D’Angelo na cabeça enquanto faz todo o seu show.

(Não se preocupe, o clipe abaixo mostra apenas a capa do disco de D’Angelo)

“Wicked Game” – Chris Isaak

Eu carinhosamente chamo a música de Chris Isaak de “pornografia para os ouvidos”. A linha de guitarra começa criando um clima de “País das Maravilhas” quando Isaak entra com um voz calma cantando sobre como ele nem poderia imaginar que conheceria alguém como a amada e apesar de não querer se apaixonar por ela, parece não ter êxito na tentativa.

 “Glory Box” – Portishead

Eu já citei em algum outro post que Portishead é uma ótima pedidas para esses momentos, então como poderia ficar de fora? Ouvir da vocalista as frases “Give me your reason to love you/Give me your reason to be a woman” é um tapete vermelho para você dar o melhor de si.

“No One’s Gonna Love You” – Band of Horses

O título parece ruim mas na música o vocalista continua essa frase, terminando em um final inesperado. Quer saber qual é? Dê o ‘play’ e aproveite para surpreendê-la.

“Amor Fati” – Washed Out

Um pouco mais upbeat do que todas dessa lista, mas mesmo assim não deixa de embalar de modo quase perfeito o momento a dois. Afinal, a vida precisa de momento mais “pra cima”, certo?

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »