As partes mais excitantes do corpo feminino, segundo a ciência

Saiba em quais regiões a mulher sente mais prazer

Agradar uma mulher não é uma coisa fácil. Na cama é ainda mais complicado. Você tenta com jeito, força, carinho, pegada e nada. Fora que cada uma tem um modus operandi. Pois os cientistas canadenses descobriram uma maneira de eliminar esse problemão todo identificando as partes mais excitantes do corpo feminino, com base no toque, pressão e vibração.

Para descobrir, a equipe de pesquisadores canadenses da Universidade de Montreal recrutou 30 mulheres entre as idades de 18 e 35 anos. Usando leve toque, pressão e vibração, eles estudaram o clitóris de cada mulher, pequenos e grandes lábios, bunda, lateral dos seios, aréola e peito. Em seguida, compararam com as áreas neutras sobre o corpo, tal como o pescoço, antebraço e abdômen.

As mulheres foram convidadas a ficar embaixo de um lençol, enquanto eles estimularam várias partes externas do corpo feminino com instrumentos científicos. Os pesquisadores pediram as participantes para classificar a sua sensibilidade ao toque leve, pressão e vibração estimulado pelos instrumentos em cada área. A estimulação foi aplicada para 1,5 segundos. Em seguida, os pesquisadores esperaram por cinco segundos antes que eles perguntaram às mulheres se sentiram.

Os resultados, sem surpresas, confirmou o nosso conhecimento comum e dos cientistas sobre as zonas erógenas na anatomia feminina.

As partes mais excitantes do corpo feminino, segundo a ciência

  • Pescoço, antebraço, margem vaginal e bunda : maior sensibilidade ao toque
  • Aréola: área menos sensível;
  • Clitóris e peitos: mais sensíveis ao prazer e vibração; (pressão e vibração)
  • Lateral do peito e abdômen: menos prazerosos

O clitóris foi o mais sensível à vibração em relação a todas as partes do corpo. Agora que você aprendeu, não trate-o como um interruptor de tomada ou um botão de videogame.

Em geral, os órgãos genitais femininos foram feitos para ser mais sensível à pressão e vibração em relação ao toque. Os cientistas canadenses esperam que a descoberta leve a experiências sexuais mais satisfatórias para as mulheres.

Uma outra descoberta feita pelos cientistas foi que fatores como tamanho dos seios, peso, uso contraceptivos, ciclo menstrual e opção sexual não interferem na excitação.

Seria bom que os homens estudassem esses pontos como decoram os estilos de cerveja. Assim, teria muito menos mulher infeliz no mundo.

OBS: o fato triste são os pés. Eles já foram imaginados com uma maior conexão sensual para os órgãos genitais, devido à concentração de terminações nervosas na sola do pé. No entanto, em um estudo de 2013, os neurocientistas descobriram que ele é a parte menos atraente da anatomia masculina e feminina, quando se trata de estudar a ligação entre sexo e o cérebro. Bom, isso não tira o fetiche de nós, podólatras.

Fonte: Medical Daily

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »