O que leva uma mulher a perder o interesse em sexo no relacionamento?

Shutterstock

Pesquisadores da Universidade de Hamburg-Eppendorf, na Alemanha, entrevistaram 530 homens e mulheres sobre interesse por sexo. Eles descobriram que no início do relacionamento, 60% das mulheres queriam mais frequência no sexo. Com o passar de quatro anos, o número caiu pela metade; e em 20 anos, apenas uma em cinco queriam sexo regular. Já para os homens, a proporção não teve a mesma queda e manteve-se entre 60% e 80%.

Fui atrás de dados que comprovam isso depois que percebi que existia um tema recorrente no MHM: casais que não transavam. Eram homens reclamando a falta de vontade sexual da parceira e de mulheres procurando ajuda para voltar a ter interesse em transar com seu companheiro.

Resolvi consultar as mulheres em nosso grupo do Facebook com mais de 4,5 mil membros para apontar os principais problemas que fazem elas perderem interesse por sexo. Enumerei os principais, com um desabafo anônimo de cada leitora e uma indicação do que pode ser feito para corrigir a falha.

1# Rotina e perda da novidade

“As pessoas acabam dando prioridade para os problemas cotidianos e esquecem de que pequenos detalhes fazem uma enorme diferença”. (Leitora)

Um estudo realizado na Universidade de Cornell, EUA, documentou o início do relacionamento de 5 mil homens e mulheres. Ele descobriu que, para a maioria dos casais, a chama do amor apaga-se após 18 meses. Outras pesquisas apontam que a prática de sexo cai cerca de 50% logo no primeiro ano juntos, fenômeno que ficou famoso pelo nome Efeito Lua de Mel.

Uma das principais causas da ausência de sexo é a perda da novidade. Assim como um carro novo, uma comida favorita ou um local de férias, uma vez que a novidade e o efeito lua de mel acaba, simplesmente não ficamos tão excitados como antes. Na mulher, este efeito é sentido em maior volume do que nos homens.

Como resolver: evitar que o relacionamento entre na rotina, programar novidades, viagens podem reativar a vida sexual do casal. Durante o sexo, você não precisa inventar posições novas e malabares na cama, mas se demonstrar atenção e carinho, será mais que suficiente para fazer seu papai e mamãe valer a pena.

2# Estresse e cansaço

Shutterstock

“Sexo é reflexo de convivência dentro de um relacionamento. Sexo precisa de diálogo pois é um momento íntimo, pessoal, cujo princípio básico é dar e receber prazer. Se não há interesse (perceptivo) em que a mente esteja bem, o corpo feminino não vai relaxar”. (Leitora)

Às vezes, é o estresse e cansaço (as demandas diárias para criar uma família e responsabilidades profissionais) entram no caminho de uma vida sexual ativa. Em 2003, o ex-secretário das relações de trabalho dos EUA, Robert Reich, que chamou a atenção para o problema ao falar em uma conferência sobre trabalho e equilíbrio de vida. Ele falou que os casais estavam tão desgastados pelo malabarismo da vida profissional que não tinha mais energia para o sexo.

O trabalho doméstico também pode influenciar na falta de desejo da mulher. Janet Hyde, professora da Universidade de Wisconsin-Madison, estudou mais de quinhentas esposas e maridos. As esposas que ficavam em casa relataram mais perda do desejo sexual relacionada à fadiga em relação às mulheres empregadas.

Como resolver: veja se o problema da sua ausência na cama está no casal ou em fatores externos. Caso o foco esteja no segundo, o melhor é tentar resolvê-los primeiro.

3# Não gostar de ou do sexo

Shutterstock

“Acho muito mais agradável e fácil correr 30 km por semana. Sexo para mim é totalmente dispensável”. (Leitora)

Existem homens e mulheres que possuem um impulso sexual pequeno, muitas vezes até nulo. Eles até podem manter algumas relações com seus parceiros no início do relacionamento, mas isto vai se tornando irrelevante até desaparecer em sua vida.

Em outros casos, o problema está na falta de preocupação que o homem tem durante a relação sexual em proporcionar prazer a mulher. É o cara mais preocupado em atingir o orgasmo e sem se dedicar a preliminares e carícias. Com o tempo, o sexo acaba se transformando em um fardo cada vez mais difícil da mulher carregar.

Como resolver: se existe uma incompatibilidade sexual entre o casal, poucas ações são possíveis. Quando o problema é estrutural e não momentâneo, cabe ao parceiro descobrir se aceita conviver com a falta de desejo da companheira ou não.

No segundo caso, quando falta preocupação em fazer da transa algo gostoso para os dois, o homem precisa ter mais preocupação em proporcionar prazer a mulher e não tratá-la como um objeto masturbatório.

4# O que as mulheres esperam do sexo e o que os homens querem

Shutterstock

“É necessário entender que o homem sente prazer de uma forma e a mulher de outra. A mulher busca ser amada, busca carinho e proteção mesmo na cama. O homem precisa encontrar uma forma de agradá-la neste momento. É uma doação de ambas as partes. Carinho antes, durante e depois do sexo faz muita falta”. (Leitora)

Em um estudo realizado em 1981, pesquisadores entrevistaram 50 casais, muitos em boa vida sexual, e perguntou a homens e mulheres quais são os motivos pelos quais buscam sexo. Enquanto as mulheres disseram que estavam procurando ‘o amor, a intimidade e a exploração’, os homens queriam sexo para a satisfação sexual.

Como resolver: deixo aqui a dica da pesquisadora de relacionamento norte-americana Elaine Hatfield sobre o que a mulher quer para ter sexo:

“As mulheres gostariam, basicamente, da paquera do romance tradicional: à luz de velas, com vinho, música e cenários românticos, com tempo livre para flerte e amor. Elas não querem algo rápido ou uma relação às pressas na cama. Mas sim algo lento, com sensualidade, carícias, abraços, beijos, toques estimulantes e massagens sem sexo. Elas querem ouvir elogios, dividir com seus parceiros suas ideias, pensamentos e sentimentos em geral. Elas buscam elogios tanto para o lado humano quanto para o lado sexual. O sexo surge, então, lentamente dessas ações e acontece porque as mulheres gostam, acima de tudo, de se sentir amada”.

5# Pequenos problemas não resolvidos

mulher a perder o interesse em sexo 6

“Quando eu era casada foi tanta raiva que passei que me tornei sexualmente mais fria que um iceberg”. (Leitora)

Muitas vezes a cama é o reflexo do que acontece na rotina de convívio do casal. Falta de interesse e atenção no outro é um dos motivos alegados pelas mulheres para justificar a ausência de vontade de transar. Se não há uma sintonia com o casal durante o dia, à noite ela vai cobrar por isto.

Como resolver: pare de enxergar o sexo somente no instante em que vocês vão para o quarto e veja ele como um complemento da relação que vocês desenvolvem diariamente. Assim, aumente o diálogo, mostre mais preocupação com a vida da sua parceira e não deixe pequenos problemas sem resolução.

6# Filhos

Shutterstock

“Eram tantas coisas e preocupações depois da vinda do nosso filho que até esqueci o que era e como fazia para transar” (Leitora)

A falta de sexo é um problema comum que atinge os casais que tiveram um filho. Um estudo realizado em 1984 revelou que apenas metade das mulheres pesquisadas tinham retomado as relações sexuais pela sétima semana após o parto. Outro estudo com 570 casais revelou que 19% deles não retomaram o sexo após quatro meses e 10% não tinham feito sexo após um ano.

Existem uma série de desafios práticos e logístico, tanto para homens quanto para mulheres. A mulher, por sua vez, perde muito da satisfação sexual quando está amamentando. Soma-se a tudo isso, o cansaço de uma nova e estressante rotina que é cuidar de um filho.

Como resolver: fazer sexo ajudará a reconectar a relação entre o casal após o nascimento da criança.

7# Anticoncepcional

Shutterstock

“Tem anticoncepcional que na bula descreve a falta de libido como efeito colateral… E às vezes ela está assim e nem se deu conta que é devido ao remédio”. (Leitora)

A conclusão é de uma pesquisa da Universidade de Heidelberg, na Alemanha, que entrevistou mais de mil mulheres e descobriu que a contracepção oral reduziu drasticamente a libido delas. O mesmo foi observado com outros métodos hormonais, como implantes.

O levantamento sugere que pelo menos um sexto das mulheres que tomam pílula estão sujeitas a sofrer redução do desejo sexual. Em compensação, aquelas que usam apenas a camisinha como método contraceptivo não declararam ter problemas com a libido.

Como resolver: nesses casos, elas devem ser orientadas a trocar a medicação e, em caso de persistência, procurar métodos contraceptivos não hormonais como a camisinha.

8# Quando o homem deixa de se cuidar

Shutterstock

“Tem o fator do cara não se cuidar. Porque querem e gostam quando a mulher se vai para academia, malha, está com o cabelo legal e sempre cheirosa, enquanto isso eles ficam com aparência de “tiozão”, desleixado. Desestimula muito…”

Um estudo nos EUA comprovaram que homens e mulheres ficam sedentários e ganharam peso depois que casaram. Uma pesquisa de 2014 publicado no Journal of Marriage and Family, analisou mais de 13 mil homens e mulheres entre 18 e 64 anos e descobriu que aqueles que nunca haviam se casado praticavam mais exercício físico semanalmente do que os casados ou divorciados.

A tendência de grande parte dos casados é deixar de lado o cuidado com a aparência e aderir ao sedentarismo ao longo dos anos, ocasionando perda de interesse da parceira e até separação.

Como resolver: assim como a mulher preocupa-se em estar bonita e cuidar da saúde não só para si como para seu parceiro, o homem precisa manter a rotina de atividades físicas, ter atenção em se vestir bem e manter a chama do amor sempre acessa. Isso vai reverter muitos pontos na hora da transa.

9# A relação acabou

Shutterstock

“Perdemos o interesse quando o sexo é ruim, quando o cara está no piloto automático ou quando ele não se importa em agradar”. (Leitora)

Existe uma possibilidade de que a falta de sexo no casamento possa ser um forte sinal de que toda a intimidade no relacionamento chegou ao fim.

Como resolver: a solução mais viável, neste caso, talvez seja a separação em vez de viver um casamento que seja prejudicial e insatisfatório.

Como reacender o desejo sexual do casal

Shutterstock

Segundo o livro Felizes para Sempre… A ciência do casamento perfeito, existem dois caminhos viáveis. O primeiro é o casal dedicar mais tempo em atividades fora da rotina juntos, como planejar uma viagem, tirar um fim de semana longe dos filhos, férias, ou coisa que o valha. Desenvolver o diálogo é fundamental para qualquer relação.

Para outros, a falta de conexão sexual gerou um problema mais complexo para resolver. Neste caso, a ajuda de um profissional (terapeuta) para conversar sobre sexo é válida.

Entre os terapeutas, boa parte deles concordam que tornar o sexo um assunto mais comum entre o casal, assim como forçar a prática, mesmo sem vontade, é necessário. O corpo responde a uma inundação de químicas do cérebro, e em poucos minutos, o sexo pode voltar a ser algo natural.

 

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »