15 Filmes com sexo explícito no cinema

Reprodução

Apesar do preconceito, o sexo sempre foi retratado no cinema. Algumas vezes mais velados, outros muito fora da realidade. Mas, também existem diretores que apostam na verdade nua e crua para retratar o sexo explícito.

+ 13 Filmes sobre sexo melhores que 50 Tons de Cinza
+ Melhores cenas de sexo no cinema

Por isso, reunimos as mais ousadas obras do cinema convencional que poderia passar. Aposto com você que muitas delas dariam um filme pornográfico. Confira!

1# Império dos Sentidos (1976)

Reprodução

Baseado na história verídica de Sada Abe, uma mulher japonesa que (alerta de spoiler), eroticamente asfixiou o amante dela, em seguida, cortou seu pênis e manteve-o em sua bolsa, O Império dos Sentidos é um dos primeiros filmes não pornográficos e retratar explicitamente a transa. O sexo é real; já a remoção do pênis do amante, felizmente, não é.

2# A Real Young Girl (1976)

Reprodução

É um drama francês sobre o despertar sexual de uma menina de 14 anos de idade, escrito e dirigido por Catherine Breillat. Este filme é notável por sua descrição gráfica da sexualidade, que inclui Charlotte Alexandra explorando sua genitália. Isto levou a que fosse proibido em muitos países. Todas as cenas explícitas foram filmadas com atores de idade, mas ainda assim é inquietante.

3# Calígula (1979)

Reprodução

O filme mostra as perversões sexuais do louco imperador romano Calígula, que mantém um caso com sua própria irmã e é casado com uma prostituta, além de organizar várias orgias e perversões sexuais em seu império.

Ele também é cercado de vários falsos bajuladores que desejam vê-lo longe do poder. O filme é uma das produções mais polêmicas já lançadas, exatamente devido a suas cenas de sexo explícito.

4# Os Idiotas (1998)

Reprodução

Lars von Trier aparece algumas vezes na lista, e com razão. Em Os Idiotas, um grupo decide virar as costas para as regras e hipocrisias da sociedade e formam uma comunidade a parte, dedicada a explorar todos os aspectos da idiotice como valor de vida. Isso significa um monte de nudez e orgia ocasional. A maior parte desta são simulada, mas há, pelo menos, uma cena com sexo real no filme.

5# Romance X (1999)

Reprodução

O que acontece quando o desejo sexual reprimido não vem da mulher e sim do homem? Este é o tema desse filme francês, que conta a história de uma professora de uma escola primária que passa a ter problemas com o marido pelo fato de ele não ter interesse sexual com ela. O desprezo é tamanho que ela chega a fazer sexo oral nele, enquanto o mesmo fica impassível diante de uma tela de televisão.

6# Anatomy of Hell (2004)

Reprodução

Outro filme Catherine Breillat, outro não-pornográfico (mas com uma pegada bem pornô) que conta até com a participação da estrela do pornô italiano Rocco Siffredi. Anatomia do Inferno não é apenas explícito, também é incrivelmente chocante, com alguns recursos visuais exclusivamente perturbadores que revelam o lado mais obscuro da sexualidade.

7# 8MM 2 – Oito Milímetros 2 (2005)

Reprodução

Em meio a um sórdido cenário no submundo dos shows de strip-tease, clubes de nudismo e sexo ao vivo pela internet encontra-se um aspirante a político que pode vir a perder tudo. Secretamente fotografado durante um ménage com sua noiva, David está sendo chantageado.

A coisa mais estranha que cerca de 8 mm 2 é que ele não tem nada a ver com o filme 8 mm. Ele, no entanto, apresenta uma abundância de sexo sem simulação e cenas pornôs reais.

8# Shortbus (2006)

Reprodução

A trama tem um clube nova-iorquino como fio condutor, onde os frequentadores têm a liberdade para fazer o que bem entenderem. Entre os personagens, uma terapeuta sexual que nunca gozou, uma dominatrix solitária e um homem em depressão, trazem à tona suas manias, taras e problemas sexuais.

Curiosidade: nas cenas na sala de orgias, a equipe técnica do filme também ficou nua, para que os atores se sentissem mais à vontade.

9# Anticristo (2009)

Reprodução

Como não poderia ser diferente, o drama psicológico de Lars Von Trier é polêmico do começo ao fim, recheado de cenas realistas de sexo e violência. Considero a cena do prólogo como uma das melhores de sexo no cinema, com a imagem da transa acontecendo no chuveiro, em preto e branco e em slow motion. O filme ainda rendeu o prêmio de melhor atriz em Cannes a Charlotte Gainsbourg.

10# Azul é a Cor Mais Quente (2013)

Reprodução

Em 2013, o Festival de Cannes anunciou o filme como o principal ganhador de 2013. O longa polêmico narra o despertar sexual e a paixão lésbica de uma adolescente por uma jovem de cabelos azuis.

Adaptado livremente de uma HQ escrita por Julie Maroh, o filme tem fortes cenas lésbicas que, de acordo com a agência de notícias France Presse, foram os maiores momentos sexuais e apaixonados entre duas mulheres já vistos em Cannes.

11# Ninfomaníaca (2013)

Reprodução

O sexo como doença! Mulher ninfomaníaca conta todas suas experiências eróticas para homem que a salva de um espancamento. Como é um filme de Lars Von Trier, pode esperar um longa com muitas cenas de sexo explícito e nudez frontal.

12# Brown Bunny (2013)

Reprodução

Um piloto de motos é assombrado por memórias de sua ex-amante. O filme recebeu uma grande quantidade de atenção da mídia por causa do conteúdo sexual explícito e não simulados da cena final entre Vicent Gallo e atriz Chloë Sevigny. A atriz declarou, posteriormente, que a cena de sexo oral não foi simulada.

13# 9 Canções (2014)

Reprodução

O título refere-se às nove músicas tocadas por oito diferentes bandas de rock que complementam a história do filme, entre elas Franz Ferdinand, The Dandy Warhols, e Black Rebel Motorcycle Club. O foco vai para sobre as constantes aventuras sexuais entre Kieran O’Brien e Margo Stilley, com direito a sexo oral e ejaculação.

14# A gangue (2014)

Reprodução

Um grupo de gangster mudos aterrorizam uma comunidade nos anos 30? Não precisa mais de enredo para o filme francês que foi direto para DVD, basta falar que tem boas cenas de sexo e pegação, como você vê na imagem acima.

15# Love (2015)

Reprodução

O mais recente e polêmico filme foi do diretor Gaspar Noé (irreversível). Apresentado em Cannes, ele chocou o Festival por suas cenas de sexo explícito. “Love”. Filmado em 3D, foca o enredo romântico na transa, apresentando ejaculações em close, sexo oral, orgia em um clube de sexo, ménage, travestis…

 

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »