A Arte de Chupar Manga

Se você acha que este texto é sobre o fruto, melhor não ler

Uma das queixas mais frequentes de amigas, colegas e até mesmo desconhecidas, das mais diversas idades e etnias, é pelo descaso dos homens quanto as preliminares e, sendo mais direto, do pouco caso quanto ao sexo oral.

O Senhor está com nojinho? Sobre pelos femininos
Por que as mulheres deveriam investir na beleza sem maquiagem

+ Conheça a geração sexo sem vontade, sem cheiro e prazer

Esta preguiça, nojinho, frescura e não me toques masculinos fez lembrar dos ensinamentos de Xico Sá sobre a pedagogia da manga. Era um ensinamento dos mais velhos do interior e nordeste que, sem acesso a vídeos ‘educativos’ na inexistente internet e sem tantas facilidades das mulheres da época, pregavam que os mais novos deveriam começar seu doutrinamento amoroso chupando mangas.

Versão undergroud do gelo (que, na época, servia para você aprender a beijar) o contato frequente com a fruta da mangueira dizia que transformava você em um doutor e mestre na arte da cunilíngua.

Peço espaço aqui para reproduzir e adaptar um texto que fala muito bem de tudo o que estamos falando, publicado originalmente no blog Johnny na Babilônia. O título que dei é sobre a Arte de Chupar uma Manga. Mas se você pensa que falamos sobre isto, melhor deixar pra lá e nem seguir abaixo: Leia o artigo completo, CLIQUE AQUI

Oscar Maroni: uma conversa sobre sexo, política e liberdade

Sexo, política e liberdade uma conversa com Oscar Maroni

“Pega aqui.” Ele estende todo o braço no apoio entre duas poltronas. “Você está pegando no antebraço do cara que transou com as mais belas mulheres deste país!”. É dessa forma que, na recepção do Hotel Bahamas, em Moema, na zona sul da cidade de São Paulo, Oscar Maroni se definiu.

Era uma sexta-feira de sol, no meio do mês de agosto. Estacionei o meu carro em uma das vagas na frente do hotel e senti aquela sensação que haviam pessoas me olhando. Não estava errado: uma boa parte da feira, que acontece na rua ao lado, secou minha chegada enquanto alguns pastéis eram degustados.

E não eram só eles. Assim que pisei na calçada, um rapaz alto, barbudo e com uma touca na cabeça me abordou. Com olhar desconfiado perguntou se poderia me ajudar. Tenho certeza que não acreditou a primeira vez que disse que tinha uma conversa com o Dr. Oscar –  sim, um doutor,  já que ele é psicólogo formado. O rapaz apenas colocou fé quando eu citei o nome da secretária do empresário e outros dados.

Andei por um longo e estreito corredor lateral até chegar à recepção do hotel, que ainda estava de portas fechadas. Sentei uma das poltronas, na companhia da fotografia de uma vagina, que ocupava quase um metro da parede. Olhei para cima e lá estavam com letras garrafais: “Propriedade: Oscar Maroni”. Confesso, demorei a acreditar que estava ali…
Leia o artigo completo, CLIQUE AQUI

Boodigo, o "Google" exclusivo da pornografia

Agregador oferece conteúdo voltado ao mundo pornô

Você já deve ter percebido que o Google anda ficando cada vez mais careta, desvinculando-se da pornografia online e vetando publicidade ligada a sexo. Basta dar uma busca em termos voltados para sexo, como ‘blow job’ e, ao invés de achar conteúdos quentes, você se depara com matérias de comportamento, tutoriais do que fazer ou até mesmo o filme de Andy Warhol de 1963 (Blow Job).

Cinco ex-funcionários que trabalhavam na gigante da internet estavam insatisfeitos com isso e resolveram criar o Boodigo, um google exclusivo para pornografia.

O Boodigo é uma união entre a Wasteland, uma produtora de filmes pornôs especializada em BDSM, e a empresa de tecnologia 0x7a69, que abriga pessoas que já trabalharam no Google. Leia o artigo completo, CLIQUE AQUI

Estúdio canadense oferece aulas para quem quer se tornar ator pornô

Colégio oferece oportunidade de trabalho para interessados na área

Canadá destaca-se pelo inverno rigoroso, o Hóquei no Gelo, o futebol feminino, mas faltam bons atores e produções no ramo dos filmes adultos. Para preencher esta lacuna, o estúdio canadense Pegas Productions está ministrando aulas por 149 dólares para homens que se interessem no mercado da pornografia.

O curso é dividido em partes teóricas e práticas, com simulações de posições e ações, mas sem o sexo em si.

Os interessados em participar precisam mandar uma foto nu. Bom, para os que estão abaixo da média, podem esquecer. O foco são os que são mais avantajados, porém sem exageros para que não tenham dificuldades de ficar ‘alerta’ durante as filmagens, que podem ser longas (sem falar no frio).

A empresa já recebeu mais de 50 pedidos para a primeira turma e 10 foram os selecionados, sendo que quatro participarão das filmagens. O objetivo, no futuro, é criar um curso semelhante para as mulheres.

Séries de sexo que você tem que assistir

californication2

Foi se o tempo onde o sexo na TV estava restrito ao “Cinê Privê” ou a “Sexta Sexy”. Com o aumento da popularidade das séries de TV, pouco a pouco foi se abrindo espaço para  produções televisivas com teor mais adulto.

Se a ideia é esquentar o clima, as séries de TV podem te ajudar. São muitas as atmosferas possíveis, de aventuras de uma prostituta de luxo, a perigosas relações vampirescas, passando por bacanais romanos. Sejam séries norte-americanas ou britânicas, são muitas as opções de atrações quentes na telinha.

Confira a séries de sexo que você tem que assistir: Leia o artigo completo, CLIQUE AQUI