Ficar com frio pode emagrecer até 6 vezes mais do que atividades físicas

shutterstock

Se você não curte tanto assim exercícios físicos, o negócio é investir em um ar condicionado gelado ou menos roupas no frio. Cientistas da Universidade de Sidney (Austrália) descobriram que tremores de frio pode emagrecer em até 6 vezes mais do que em atividades físicas.

O estudo comprovou que tremores de frio e turnos de exercícios moderados são igualmente capazes de estimular a conversão da ‘gordura branca’, que trabalha no armazenamento de energia, em ‘gordura marrom’, que estimula a queima de energia.

Cerca de 50 gramas de gordura branca alojam mais de 300 quilocalorias de energia. A mesma quantidade de gordura marrom pode queimar até 300 quilocalorias por dia.

O endocrinologista Paul Lee, do Instituto Garvan de Pesquisa Médica, realizou o estudo no Instituto Nacional de Saúde (NIH), em Washington, para descobrir uma maneira pela qual a gordura e o músculo se comunicam entre si através de hormônios específicos, transformando células de gordura branca em células de gordura marrom para nos proteger contra o frio.
shutterstock

Lee mostrou que durante a exposição ao frio e ao exercício, os níveis do hormônio irisin (produzido pelo músculo) e FGF21 (produzido pela gordura marrom) subiram.

Especificamente, cerca de 10 a 15 minutos de tremores resultaram em aumentos no Irisin equivalentes a uma hora de exercício moderado – ou seja, é só passar um sexto do tempo que você passaria malhando tremendo.

No laboratório, irisin e FGF21 transformam células de gordura branca humanas em células de gordura marrom em um período de seis dias.

Transformar gordura branca em gordura marrom protege os animais contra a diabetes, a obesidade e gordura no fígado. Vale lembrar que os níveis de glicose são mais baixos em humanos com mais gordura marrom.

shutterstock

“Quando estamos com frio, ativamos primeiro a nossa gordura marrom porque ela queima energia e libera calor para nos proteger. Quando essa energia é insuficiente, o músculo contrai mecanicamente, ou arrepia-se, gerando assim calor”, completa.

“Identificamos dois hormônios que são estimulados pelo frio, irisin e FGF21, respectivamente liberados pelos tremores musculares e pela gordura marrom. Esses hormônios aumentaram a taxa de queima de energia das células de gordura branca humanas em laboratório, e as células de gordura tratadas começaram a emitir calor – uma característica funcional da gordura marrom”, relata.

O pesquisador alerta para os perigos da exposição, prolongada ou não, ao frio excessivo. “É importante que, se quisermos nos expor ao frio, que seja uma exposição ao frio suave”, salienta.

Apesar de você não poder ficar tão exposto assim ao frio, existem algumas atitudes que podem ajudar a você perder peso: tomar banhos frios, fazer atividades aeróbicas sem casacos (correr com shorts e camiseta).

Fonte: Hyperscience

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »