Como descobrir e criar o seu próprio estilo

Créditos: Reprodução

Saber se vestir não é comprar uma roupa cara e ter estilo não é copiar o estilo de terceiros. Os homens crescem cercados pela ideia errada de que “homem de verdade” não liga para aparência e não se importa com roupa. Uma grande bobagem.

Por isso, já adultos, encontram certa dificuldade na hora de escolher um terno, montar um visual atraente e transmitir segurança através da roupa que usa. Aliás, estar bem vestido é, sim, uma estratégia para ser mais atraente e confiante, tanto no âmbito pessoal quanto no profissional.

Convidamos Bruna Azzolini, jornalista e consultora de moda, e seu namorado, o publicitário Danilo Antunes, para responder as principais dúvidas dos homens sobre estilo. Confira!

Como determinar um estilo e entender o formato do próprio corpo pode ajudar um homem

Créditos: Reprodução

Danilo Antunes, publicitário e supervisor de planejamento em uma agência de São Paulo, responde: “Determinar um estilo, pra mim é comunicar para as outras pessoas – e de certa forma afirmar pra mim mesmo – quem eu sou, quais são minhas referências, como eu me vejo e quero ser visto, que momento da vida eu estou passando e como eu encaro isso”.

Mas, para conseguir transmitir sua personalidade e referências por meio da roupa, é preciso conhecer o próprio corpo: “É meio frustrante, às vezes, eu ver uma roupa legal que não casa com o meu corpo e não ter critério pra saber como melhor resolver isso nas minhas escolhas de roupa. Isso pode fazer eu parecer mais desleixado ou omitir e anular características físicas minhas que também comunicam mais sobre mim”.

Mas eu não quero gastar tanto dinheiro com isso!

Créditos: Reprodução

Se você acha que para se vestir bem é preciso gastar muito dinheiro, está enganado. Bruna Azzolini, apesar de acreditar que uma roupa de qualidade costuma ter um valor agregado maior, garante que com uma boa consultoria e pesquisa, você pode economizar bastante na hora de comprar alguma peça.

O comércio online, por exemplo, pode ser um grande aliado: “Roupa de qualidade nem sempre é sinônimo de roupa cara. É claro que existe um valor mínimo aceitável para toda peça que consumimos, principalmente se considerarmos processo produtivo e critérios como sustentabilidade ambiental e social. Entretanto, hoje em dia, com o aumento dos e-commerces de moda, é super possível fazer uma curadoria bem pensada gastando menos”.

Por isso, é importante ficar de olho: “Sempre há promoções online, vouchers de desconto, clubes de compra e oportunidades. Também estão à disposição outlets e boas lojas de fast fashion onde sempre encontramos pechinchas ou achados”.

O que eu posso esperar de uma consultoria de moda?

Créditos: Reprodução

Consultorias são importantes se você tem muitas dúvidas sobre qual estilo de roupa combina mais com o seu corpo e com a sua personalidade: “O primeiro passo é elaborar um diagnóstico. Para isso, é necessário coletar informações para entender o estilo atual do cliente e descobrir quais são as suas prioridades e desejos para uma mudança”, para Bruna Azzonili, essa parte é fundamental.

Quando o consultor de estilo entende o cliente, chega a hora da próxima etapa: “Passamos pela etapa de ‘Imagem Terapia’, onde o cliente tem a tarefa de selecionar imagens que reflitam os sentimentos ‘Eu sou assim’, ‘Eu quero ser assim’ e ‘Eu nunca seria assim’, por exemplo”.

Nessa hora, o cliente basicamente diz, através de fotos da internet ou de revistas de moda, por exemplo, qual a imagem que melhor define quem ele é por dentro, e, então, a consultoria segue essa linha.

Mas essa não é a única forma de descobrir o seu estilo: “Outro exercício é pedir para que o cliente descreva sua rotina e elenque o nível de importância de cada atividade no dia a dia. Por fim, fazemos algumas perguntas para complementar o diagnóstico, tipo ‘como você acha que as pessoas te percebem pela maneira como você se veste?’, ‘que imagem você acredita que transmite?’, ‘que imagem você gostaria de comunicar?’ e ‘como você gostaria de ser percebido?’”.

E sem a consultoria, como eu posso descobrir qual é o meu estilo?

Créditos: Reprodução

Se você quer dar o primeiro passo sozinho, a dica da Bruna Azzolini é: “Um exercício muito bom e que pode ser feito diariamente é treinar o olhar para o estilo, e isso pode ser feito analisando o modo como as pessoas se vestem na rua e também lançando mão de ferramentas para inspiração, como os blogs e redes sociais”.

Então, se você tem algum preconceito com moda e acredita que homens não devem se preocupar com esse tipo de coisa, talvez seja hora de mudar de ideia. Você não precisa ler revistas sobre o assunto, basta navegar na internet para entender qual o estilo que mais combina com a sua personalidade: “Às vezes, os homens ficam inibidos com a moda das passarelas e revistas; em geral, ela se mostra inacessível e muito distante de sua realidade”, complementa Bruna.

Eu vou gastar muito na hora de comprar roupas novas?

Créditos: Reprodução

Primeiro, é importante estabelecer a necessidade de mudar seu visual. Se você quer transmitir uma imagem mais segura, confiante e desmontar sua personalidade e capacidade por meio das roupas, vai precisar reservar uma pequena verba para isso, sim. Mas nada que ultrapasse o seu limite financeiro!

E quem estipula o limite é você: “É um pouco difícil prever valores, mas dá para conseguir resultados ótimos num cenário com pouco investimento. Eu diria que, mais do que dinheiro, será preciso dispor de tempo e vontade para realmente fazer uma mudança”.

O fundamental, entretanto, não é separar uma grana para gastar, é realmente querer mudar: “Não é só reformular um armário, é refletir sobre estilo de vida, e isso ultrapassa o consumo de moda. O trabalho para elevação da autoestima passa por uma reflexão muito íntima sobre desejos e valores. E é preciso estar aberto e disposto a fazer isso”.

Me convenci! Quais são as peças básicas pra começar essa mudança?

Créditos: Reprodução

Existem algumas peças que todo o homem deve ter no armário. Elas são fundamentais para montar qualquer visual e transmitir a maturidade necessária na vida adulta.

Para Bruna Azzolini, elas são:

  • Boas camisetas de algodão
  • Uma camisa jeans
  • Calça chino
  • Suéteres de lã ou cashmere
  • Calça jeans escura e sem lavagem
  • Uma bota preta de couro
  • Um sapato casual (sneaker ou mocassim)
  • Camisa casual (estilo chambray, pode ser, ou de linho)
  • Camisa com pattern (pode ser xadrez)

Em qual peças eu devo gastar mais dinheiro?

Créditos: Reprodução

Existem algumas peças que são atemporais e vão durar muito, muito tempo no seu armário. Você vai poder reutilizá-las sempre e elas nunca vão parecer datadas ou fora de época.

Por isso, vale investir mais dinheiro nelas:

  • Uma jaqueta de couro autêntico
  • Uma bela carteira de couro
  • Um terno de qualidade
  • Um trench coat de bom corte

Eu não tenho paciência de andar no shopping. O que eu faço?

Créditos: Reprodução

A internet está aí pra ajudar – mesmo se você não fizer compras online, pode utilizá-la para pré-definir as peças que quer comprar e direcionar a sua ida ao shopping: “Pesquise MUITO online, assim você consegue ter noção de valores. Faça uma lista visual, defina peças-chave e tenha foco quando for às compras! Assim, você evita perder tempo com peças e lojas desnecessárias”.

Definir o seu estilo pode, sim, dar um pouco de trabalho. Mas certamente vai valer a pena e melhorar muito a sua autoestima e confiança!

Se você quiser uma consultoria, a Bruna Azzolini está disponível! Entre em contato com o Manual do Homem Moderno e nós te encaminharemos para ela.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »