Arquiteto ensina como viver bem em espaços pequenos

Graham Hill oferece dicas para cultivar o desapego e ser mais feliz

Sabia que os norte-americanos ocupam cerca de três vezes mais espaço do que há 50 anos. Se considerarmos que a tecnologia evoluiu para transformar as coisas em objetos muito mais compactos e funcionais, este dado é alarmante.

Incentivados pelo consumismo, sempre buscamos gastar dinheiro com coisas que ficarão ocupando espaço, aumentando nossa dívida no cartão de crédito e sem que tenhamos um retorno em realização pessoal ou mesmo como felicidade.

O Design e arquiteto Graham Hill propõe uma sugestão para alterar essa necessidade de consumo, baseando no pensamento em que ter menos possa significar ter mais. A equação é simples:

Menos coisas + Menos espaço = Menos agressão ambiental e Menor gasto com dinheiro

Isto promete facilitar e melhorar sua vida.

Arquiteto americano ensina como viver bem em espaços pequenos 5

Para mostrar que isto é possível, ele, que vivia em um espaço de 278 metros quadrados, comprou um apartamento de 39 metros quadrados. Só em fazer esta compra, ao invés de um espaço de 55 metros, ele economizou 200 mil dólares.

Menos espaço, significa eletrodomésticos pequenos, móveis menores e, consequentemente, uma economia ainda maior de dinheiro.

Para mostrar que viver com menos é possível, ele criou três regras básicas:

1# É preciso escolher seriamente

Arquiteto americano ensina como viver bem em espaços pequenos
Aqui, a dica é cultivar o desapego e desfazer do que você não precisa. Aquela camisa que não cabe mais e fica no fundo da gaveta, aqueles tênis que você comprou e só usou uma vez. Por que não doá-los a pessoas que realmente precisam?

É preciso aprender a controlar o que compramos e pensar, duas vezes, antes de adquirir algo. Que tal fazer esta pergunta sempre antes de adquirir: Isto vai mesmo me fazer mais feliz?

2# Pequeno é sexy

Arquiteto americano ensina como viver bem em espaços pequenos 3
Se queremos eficiência de espaço, precisamos de coisas que possa nos oferecer diversas funções ou mesmo funções vitais, e não objetos que vamos usar esporadicamente, uma vez ao mês e olhe lá. Tipo um fogão de 6 bocas que você vai usar somente quando fizer uma festa em casa (???).

Priorize coisas que você possa empilhar, digitalizar. Assim, álbuns de fotos, livros e documentos virariam, facilmente, um pen drive ou DVD (lembre-se de fazer backup de tudo).

3# Priorize espaços multifuncionais

Arquiteto americano ensina como viver bem em espaços pequenos 2
Uma cama que pode ser embutida, um lavatório que combina com uma sanitário, uma mesa de jantar que pode ser ampliada. Apesar de ter um custo maior, os móveis planejados e funcionais proporcionam maior conforto, oferecem mais liberdade e são muito mais práticos para limpeza e arrumação.

Confira um vídeo em que ele mostra como deixou seu espaço mais funcional com algumas ideias.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »