5 sacadas rápidas para combater espinhas sem o uso de remédios

shutterstock
Acordar e ver uma espinha reinando absoluta na testa é muitas vezes garantia de estresse. E o pior é que para ela sair de lá o trampo é quase homérico. Se espremer, fica a marca. Se cutucar, a criatura fica vermelha. Se deixar, todo mundo repara.

Para lidar com as “montanhas brancas” sem o uso de remédios é preciso acreditar em milagres.  Então, tenha fé. Nós temos. E para provar, levantamos 5 dicas rápidas baseadas em crendices, porém, eficazes. Basta aplicar no seu dia a dia e dar um drible de Neymar nesse cone indesejável.

Não cutuque

shutterstock
Como você deve ter aprendido com o Facebook, cutucar é uma coisa muito inconveniente. A espinha respeita a mesma regra. As espinhas contêm bactérias e se você optar em espreme-las, por exemplo, é capaz que esse ser (maldito) ache outro lugar na sua pele para atuar.

Use Mel

shutterstock
Se você não pode meter o dedão e se livrar logo do problema, precisa resolver o problema por outros meios, certo? É aí que o produto da dona abelha pode ajudar. O própolis do mel funciona como antibiótico o que dá uma mão na hora de eliminar as bactérias da pele.

Na hora que pintar a montanha branca, aplique um pouco do mel e cubra com uma gaze ou Band-Aid, assim você evita que sujeiras interfiram no processo de cicatrização do doce.

Perca o medo da água fria

shutterstock
Para se evitar o aparecimento das espinhas é preciso manter a pele sempre limpas e as glândulas sebáceas desobstruídas. Uma forma de fazer isso é limpando os locais com água fria. O problema da água quente? Ela pode retirar demais a oleosidade da pele e fazer assim com que o seu organismo entenda que precisa repor essa oleosidade perdida, estimulando ainda mais a produção do óleo.

Troque o sabonete comum por um abrasivo

shutterstock
Esses modelos fazem um processo de esfoliação (descamação) na pele. Ou seja, ele penetra na área com a espinha e retira dos poros as sujeiras que entopem os poros e provocam as temidas crateras.

Diga não ao leite

shutterstock
Com perdão do trocadilho, o leite avacalha e muito sua pele. Isso porque a bebida estimula a testosterona e andrógeno, dois hormônios masculinos, que quando combinados com a insulina podem criar espinhas cavernosas. Veja bem, camarada. Isso vale para o leite de vaca. O leite de soja, por exemplo, é uma boa pedida.

Fonte: Algumas das dicas foram indicadas pelo dermatologista e nutrólogo, Valcinir Bedin.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »