O futebol foi criado pelos ingleses: mito ou verdade?

Sheffield_FC_1890

Desde que Charles Miller desembarcou no porto de Santos, nós brasileiros creditamos a paternidade do futebol aos ingleses. Para sermos sinceros, quase todo mundo pensa na Terra da Rainha como o berço do esporte mais apaixonante do planeta. Mas não é bem por aí. Assim como o football chegou ao Brasil pelas águas, o oceano também foi a porta de entrada em Londres para que a prática, iniciada por chineses, começasse a tomar – mais pra frente, com o advento das regras – a forma que conhecemos hoje.

Embora se fale na possibilidade de ter surgido três mil anos antes do nascimento de Cristo, relatos levam a crer que na China, entre os séculos II e III a.C., já se jogava algo muito primitivo com a bola nos pés: o chamado tsu-chu. Contudo, não era praticado para fins de lazer, mas sim como treinamento militar para os integrantes da guarda do Imperador durante a dinastia Han. O tsu-chu consistia em controlar um objeto esférico de couro no ar, sem que pudessem utilizar as mãos. Basicamente o primórdio da embaixadinha, eternizada por Milene Domingues e Edilson “Capetinha”, entre outros. Havia também no terreno de prática dois bambus, ligados por uma rede.

Em seu mais recente livro, “Pioneiros”, o jornalista Orlando Duarte viaja até o pontapé inicial do futebol na história e passa pela evolução do jogo até os dias de hoje. E para o autor, o histórico de descobertas em diversas áreas favorece os chineses na hora de dar a eles a patente simbólica pela origem do esporte.

One_Hundred_Children_in_the_Long_Spring-crop

“Os chineses inventaram muita coisa e não desenvolveram, descobriram a pólvora, o próprio macarrão que foi consagrado na Itália e levado por Marco Pólo”, disse há dois anos no lançamento da obra, que aconteceu no Museu do Futebol, em São Paulo.

O caminho da bola e suas diferentes formas de uso percorreria ainda Japão (kemaru), Grécia (epyskiros), o Império Romano (harpastum) e a França (soule). Até que em 1580, na cidade de Florença, Itália, registra-se o primeiro documento oficial com as regras do esporte, escrito pelo conde Giovanni de’ Bardi. O esporte, no caso, é o calcio storico fiorentino, uma mistura de futebol, rugby e luta e que faz parte da cultura da região até os tempos atuais.

Ou seja, ao que tudo indica, nem mesmo as regras fazem parte do tal pioneirismo inglês em relação ao futebol. O que é verdade é que eles, em 1863, criaram a FA (Football Association), regulamentando o esporte e dando a ele praticamente a mesma cara que tem hoje. Mas que o inglês foi o criador do futebol… Isso é mito!

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »