9 Jogadores de futebol que mostraram o valor do Fair Play

Se você é do lema que torce pela vitória acima de tudo e todos, talvez essa matéria não seja para você. O que me chamou atenção para a valorização da atitude acima da conquista foi o mais recente caso de futebol, que aconteceu na semifinal do Campeonato Paulista, entre São Paulo e Corinthians.

Durante o clássico, o zagueiro são-paulino Rodrigo Caio chamou a atenção dentro e fora das quatro linhas ao evitar um cartão amarelo para o atacante adversário Jô. Caio avisou ao árbitro Luiz Flávio de Oliveira que ele foi o responsável por atingir o goleiro Renan Ribeiro em dividida, que resultou em punição do rival.

O árbitro acabou ouvindo o zagueiro, cancelou o cartão a Jô e evitou que o atacante fosse suspenso para a partida decisiva de volta.

“Parabéns ao Rodrigo Caio que teve atitude de homem, o futebol precisa disso. É uma amostra de que o futebol está mudando, que dá para ser honesto. Eu fiquei tranquilo porque sabia que não tinha pegado no Renan, mas ainda bem que o Rodrigo teve a honra de admitir”, declarou Jô após o jogo.

O técnico adversário, Fábio Carille, também elogiou a atitude de Caio durante a coletiva. “Com cada um procurando ver o seu lado hoje em dia, é sempre bom ver uma atitude como essa. Pode ter certeza que no domingo eu vou procurá-lo para dar um abraço nele. O futebol precisa disso. Não adianta ser malandro, a malandragem não ajuda”.

Apesar disso, o capitão do São Paulo, Maicon, ironizou o ato. “A gente deveria respeitar a atitude do Rodrigo. Se foi certo ou não, é da consciência de cada um. Mas eu prefiro a mãe do meu adversário chorando em casa do que a minha.”

A polêmica em cima do tema foi formada. Mas, não foi a primeira vez que um atleta de futebol foi contra os interesses próprios em prol de uma atitude correta e ética. Confira alguns jogadores que encamparam o espírito do fair play.

Miroslav Klose

O jogo Lazio e Nápoles, pelo campeonato italiano, estava 0-0 quando Klose balança a rede para o time da Lazio. Enquanto os seus companheiros festejavam, ele dirigiu-se ao árbitro para lhe confessar que tinha colocado a mão na bola”. O gol foi anulado, e Klose recebeu uma enorme ovação dos torcedores e jogadores do Nápoles.

Robbie Fowler

O temperamental atacante inglês Robbie Fowler, uma lenda dos torcedores do Liverpool, em uma partida duríssima contra o rival Arsenal em Highbury Park, em 1997, Fowler caiu na área após toque com David Seaman, goleiro do Arsenal. O juiz Gerald Ashby marcou pênalti.

Fowler categoricamente acenou e falou que não foi pênalti, mas o juiz não voltou atrás. Batedor-oficial, Fowler acabou batendo mal (não errou de propósito segundo ele), Seaman pegou mas no rebote Jason McAteer tocou para as redes.

Vertonghen

Em uma partida entre Ajax e Den Haag na Holanda, Vertonghen foi devolver a bola ao adversário e acabou acertando um chute no ângulo. Constrangido com a situação e para evitar o mal entendido, todos os atletas do Ajax deixaram os rivais marcarem um gol de compensação.

Di Canio

O italiano Paolo Di Canio mostrou seu espírito esportivo ao deixar de marcar um gol pelo West Ham por conta da lesão do goleiro do Everton.

Marcelo Moreno

Jogando pelo Cruzeiro, o atacante evitou um mal estar com o juiz Elmo Alves Resende Cunha na partida contra o Botafogo. O árbitro interpretou que o lateral Júnior César tinha recuado a bola para Jefferson e marcou tiro livre indireto. Etico, o atacante do time mineiro avisou que tinha encostado na bola e a infração foi subtraída.

Leicester

O time perdia por  1 a 0 para o Notthingam Forest, pela Copa da liga Inglesa, quando seu jogador, Clive Clarke, teve um ataque cardíaco e a partida foi cancelada no intervalo.

Por causa do regulamento do torneio, o novo jogo começou com o placar de 0 a 0, mas o Leicester permitiu que o goleiro rival fizesse um gol para o placar voltar ao  1 a 0.

Amin Motavassel Zadeh

Durante jogo do campeonato iraniano, o atacante teve a oportunidade de marcar um gol após o goleiro adversário se chocar com um jogador do seu time, o Moghavemat Sepasi. Considerando a atitude menos correta, ele concluiu para fora das redes.

Costin Lazar

O jogador do romeno Rapid Bucarest se recusou a bater um pênalti depois de se desequilibrar na área adversária e o juiz marcar falta. Para felicidade de Lazar, o jogo foi reiniciado com bola ao chão.

Sergi Barjuan

Após a equipe juvenil do Barcelona fazer um gol com o goleiro rival machucado, o técnico Sergi Barjuan (foto), ex-jogador da equipe principal, não pensou duas vezes, deu a ordem para que seus atletas deixassem os adversários empatarem imediatamente

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »