Quer algo?  Peça.

Reprodução

Quando somos pequenos,  pedir é um gesto muito simples e natural.  É só imaginar um bebê que chora quando quer mamar no peito da mãe.  Ou em uma criança que, quando vê um brinquedo legal em uma loja,  vira para o pai e fala: “me dá?”

É um processo simples e natural. Temos uma vontade e a expressamos. Mas em algum momento no meio do caminho perdemos isso.  Por convenção social,  somos educados que pedir é errado.  Temos que merecer ou ganhar.

O problema é que isso cria uma trava desgraçada que impede a gente de ser feliz em todos os âmbitos possíveis. Exemplifico.

Divulgação

Um cara está apaixonado pela garota da faculdade mas não chama ela para sair. Um executivo que vê uma vaga dos sonhos  surgir em uma empresa, mas fica receoso de pedir para o seu chefe a transferência.  Ou aquele mano que está fazendo uma merda absurda em um trampo e se recusa a pedir ajuda.

São inúmeras as vezes na vida em que passamos vontade. Mas por que isso? Medo,  vergonha,  insegurança? Todas as alternativas anteriores?

O problema é que constantemente nos sabotamos tentando imaginar como o outro vai reagir diante de um pedido.

Criamos situações hipotéticas que por vezes fogem da realidade. Nos botamos frente a um tribunal invisível que julga a nossa necessidade. Que vai nos taxar de fracos ou de menos merecedores caso precisemos pedir ajuda no meio do caminho.

O que é triste se você parar para imaginar quantas pessoas não poderiam ter um destino diferentes caso tivessem a liberdade para pedir ajuda.

Reprodução

Quantos talentos não poderiam estar em suas empresas do sonho se simplesmente fossem atrás do que querem. Quantos suicídios não poderiam ter sido impedidos se a pessoa se sentisse a vontade de pedir ajuda para alguém. Quantas pessoas não evitariam a falência se pudessem pedir ajuda financeira para parentes ou conhecidos.

Afinal, nem sempre a reação que projetamos é aquela que de fato acontece. As vezes, a outra parte simplesmente não se importa em ajudar.  Isso sem falar que parte de conquistar algo novo é arriscar.

Quer um emprego em uma empresa grande?  Que tal mandar um e-mail perguntando como faz para trabalhar aí? Já é muito mais do que o cara desempregado que só passa vontade fez.  Quer um beijo daquela mina?  Chega lá e da um oi.

Peça. Não tenha medo de pedir. O que não pode é ficar em casa esperando a vida passar e morrendo de vontade ou arrependimento.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »