Porque devemos impedir que Julien Blanc venha para o Brasil

Julien Blanc

Timidez, falta de autoconfiança, medo… São muito motivos que fazem com que um homem trave na hora de chegar em uma mulher.  Nada mais justo que surjam métodos e aulas que auxiliem um cara a flertar com uma mulher. Por muitas vezes, nós do Manual do Homem Moderno publicamos matérias do tipo.

Mas existem certas premissas a serem seguidas: o respeito e o entendimento de que o seu “alvo”, a mulher, é um ser humano e deve ser respeitada em suas escolhas e liberdades. Porém, nem todos respeitam os princípios éticos.

O americano Julien Black se diz um mestre na pegação. Seus cursos ficaram famosos no mundo inteiro e sua turnê global incluí uma visita ao Brasil em janeiro de 2015. Seria só mais um produzindo conteúdo do tipo, se seus ensinamentos não pregassem discursos machistas que incitam que seus alunos usem de violência para conseguir finalizar uma gata.

Em uma das suas aulas, o professor fala para seus alunos sempre que forem ao Japão simplesmente agarrarem a cabeça de uma japonesa e forcem o rosto delas em direção ao próprio pau. Sério, segundo ele, essa é a melhor formar de pegar uma mulher em Tóquio.

Em outro de seus ensinamentos, ele prega que homens não devem aceitar não como resposta. Nunca. E caso necessário, um cara deve usar a força para conseguir pegar a mulher. Com esse tipo de atitude, ele alega que o ser do gênero masculino coloca o do feminino em submissão, algo que Julien diz ser fator crucial em uma conquista.

Esse tipo de pensamento prova que homens como Julien Blanc simplesmente não consideram as mulheres seres dignos de respeito. Para ele, uma mulher é algo como um animal de estimação que você escolhe e quando quiser abandona na rua. Sem precisar demonstrar o menor sinal de afeto e respeito.

Blanc2_wide-620x349

Pior que isso é saber que Julien é apenas um instrutor de uma empresa chamada Real Social Dynamics. Os caras se dizem a maior companhia do mundo no que diz respeito a conselhos amorosos, atualização pessoal e exercícios de dinâmica social. A empresa existe faz anos e Blanc é apenas um de seus funcionários que tem chamado atenção nos últimos anos.

Segue abaixo os princípios que a empresa prega para seus alunos usarem na hora de chegar em uma mulher (em inglês):

10801853_750492708338038_7306489314844099693_n

Para quem não manja de inglês, vou citar alguns dos alguns dos conselhos imbecis do Julian Blacn:

  • Use abuso emocional. Ponha ela para baixo e faça ela se sentir culpada;
  • Controle o que ela faz, com quem ela fala, o que ela lê e com quem ela sai;
  • Negue, culpe e minimize. Finge que qualquer abuso seu não é nada demais;
  • Ponha a culpa das brigas sempre nela;
  • Use privilégios masculinos. Diga que homens tem direitos que mulheres não tem;
  • Use o dinheiro ao seu favor. Impeça que ela tenha um trabalho.
  • Entre muitas, muitas, outras sandices.

Não gostaria de soar óbvio, mas preciso ressaltar. Todo e qualquer cara que se considera um homem de verdade deve passar longe desse tipo de conselhos. Você não é um macho alfa porra nenhuma, você é um ser humano. Assim como aquela moça que você quer conquistar na balada.

Respeito e bons modos nunca são demais, ainda mais no que diz respeito a escolher uma parceira para passar a vida com você. Sua esposa ou namorada não são uma posse e sim outros seres humanos que resolveram passar a vida ao seu lado.

tame_her

Manifestações contra as palestras do instrutor estão acontecendo em várias partes do mundo. Alguns países como Reino Unido e Canadá tentam impedir que o sujeito sequer pise em seus territórios. Ativistas australianos já conseguiram fazer com que ele tivesse visto de entrada no país negado.

Assim como na gringa, os brasileiros criaram um formulário para a polícia federal pedindo que o órgão negue a entrada de Julian Blanc no Brasil. Assine a petição e vamos tentar provar que nosso país é tão civilizado quanto estes outros países. Temos que impedir que esse tipo de pessoa venha para cá pregar seus ensinamentos sujos.

Essa petição não é uma causa só pra que Julien Blanc não entre no Brasil. Tudo gira em torno de uma causa maior: o combate à violência contra a mulher. Nenhuma mulher deve estar submissa ao homem. Violência não é, nem nunca será uma forma de conquista válida.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »