O que você precisa considerar antes de ter um filho

Créditos: Reprodução

Trazer uma criança para o mundo, obviamente, não é algo simples. Provavelmente, se você chegou até este texto, você já considerou os pontos positivos e negativos, certo? Mas e se você tiver a ideia errada sobre o que é realmente ter um filho?

O objetivo do MHM é conversar com quem está planejando dar esse passo e quer ponderar todas as possibilidades. Entender a origem desse desejo é fundamental e, se você tem a chance de planejar, aproveite.

Segundo um artigo divulgado pelo portal Psychcentral, por exemplo, muitos casais acreditam que um filho pode resolver os problemas do casal.

A psicoterapeuta Joyce Marter é criadora de um projeto cujo objetivo é oferecer apoio aos casais e pais solteiros antes e depois do nascimento da criança. Ela diz que, infelizmente, muitos casais encaram uma gravidez com esse objetivo – se reaproximar – mas o tiro saí pela culatra pois o nascimento de um bebê acaba intensificando problemas mal resolvidos.

Muitos casais, inclusive, decidem ter filhos porque é o segundo passo do casamento. Marter diz: “Eles pensam: ok, casamos. Agora precisamos engravidar. Muitos sequer consideram se ter filhos naquele momento é algo interessante e saudável para o relacionamento porque eles têm medo de serem diferentes e desapontar os outros”.

Então, como saber se você está tomando a decisão certa?

Créditos: Reprodução

As questões abaixo são direcionadas para quem está em um relacionamento e considera ter um bebê.

Uma gravidez inesperada, é claro, é um cenário completamente diferente.

Por que você quer ter um filho?

Responder essa pergunta antes de pensar em trazer um bebê para o mundo é fundamental. Para Joyce Marter: “A motivação é interna se ela tem qualquer relação com seus desejos e sonhos; ela é externa quando tem a ver com agradar outras pessoas – como seus pais ou parceiros – ou atender as expectativas da sociedade”.

De acordo com a psicoterapeuta Cherilynn Veland, essas são as questões fundamentais: “Por que agora? Qual foi a sua experiência como criança e como isso pode estar afetando as suas próprias razões para ter filhos? Você está preparado para fazer o que é preciso para cuidar dos desejos e necessidades de outra pessoa?”.

Como anda o seu relacionamento?

Ser um pai solteiro não te impede, em momento algum, de ser um excelente pai. Estar ou não casado para cuidar do seu filho não vai afetar o crescimento dele se você realmente estiver disposto em fazê-lo feliz mas, se você estiver em um relacionamento e estiver considerando ter um bebê com sua parceira, é importante validar a relação de vocês.

Considere se você e sua parceira trabalham bem juntos e se vocês costumam concordar em pontos fundamentais e importantes – e, mesmo quando não concordarem, respeitam a opinião um do outro e conseguem enxergar pontos de vista diferentes.

Se vocês não costumam ter esse tipo de atitude, reflita se pelo menos ambos conseguem resolver problemas e se comprometer com obrigações.

Como você e sua parceira se comunicam sobre necessidades, sonhos e medos?

Reprodução

De acordo com Nicole Massey-Hastings, doutora especializada em cuidar de famílias, a forma com a qual casais se comunicam sobre problemas reflete diretamente na forma com a qual eles vão cuidar do filho.

Vocês já passaram da fase de lua de mel?

Entender e enxergar se o seu relacionamento já pode ser considerado estável é fundamental. Espere, pelo menos, dois anos para compreender como você e sua parceira se comportam.

Você está financeiramente pronto para ter um bebê?

Joyce Marter, em seu trabalho, já presenciou vários conflitos envolvendo dinheiro e este é uma das principais razões pelas quais os casais fazem terapia. Se você está lendo este texto, tem tempo para planejar, então planeje.

Você está preparado para as mudanças no estilo de vida?

Muitos casais acabam entrando em uma bola de neve e se perdem dentro da rotina trabalho-crianças-responsabilidades domésticas e, por causa desse estilo de vida bem mais intenso, acabam negligenciando seus próprios desejos e necessidades. Você precisa estar disposto a encarar as mudanças sem se perder no meio delas.

Você conseguiria viver uma vida feliz e completa sem crianças?

Seja sincero. Pergunte a si mesmo a razão pela qual quer ter um bebê e se questione sobre seus reais objetivos de vida. Você prefere, inicialmente, alcançar outros sonhos? Então, siga a ordem dos seus desejos e se dê a permissão de seguir um caminho menos tradicional. Não há nada de errado em querer esperar para ter um bebê ou simplesmente não querer ter um.

Você tem apoio?

Para Joyce Marter, ter algum apoio certamente facilita todo o processo e a mudança de estilo de vida. Se você tiver alguém que possa te ajudar quando você precisar, como algum parente ou amigo, ou se você tiver condições de contratar pessoas para isso, o embarque nessa vida fica menos complicado.

Sinais de que você talvez não esteja pronto para ter um filho

Créditos: Reprodução

A comparação pode parecer boba mas, para a psicoterapeuta Cherilynn Veland, ter um bebê é parecido com planejar um casamento: “Todos os problemas que estão abafados em um relacionamento podem se intensificar durante o planejamento de um casamento. Isso também acontece quando o casal vai ter um bebê”.

Alguns comportamentos e pensamentos podem levantar uma bandeira vermelha na decisão de ter um filho. Então, considere os sinais e, se você se identificar eles, é melhor mudar de ideia:

  • O casal – ou algum dos membros – costuma cometer qualquer forma de abuso físico, emocional ou verbal dentro do relacionamento? Não traga um bebê para o mundo se a resposta for sim.
  • Você ou sua parceira sofre de alguma doença psicológica severa? Se a resposta for sim, é melhor tratá-la antes de trazer um bebê para a família.
  • Você compreende as diferenças entre você e sua parceira? Se a resposta for não, reconsidere.
  • Você não tem certeza se realmente quer ter um bebê? Então, é melhor esperar.
  • Brigas são constantes no seu relacionamento? Trabalhe isso antes de engravidar sua parceira.
  • Existe qualquer problema de confiança no relacionamento? Se a resposta for sim, é melhor evitar um bebê e resolver essa questão.
  • Você ou sua parceira é irresponsável? Vocês lidam bem com trabalho, dinheiro e com responsabilidades básicas? Considere isso antes de ter um filho.

Ainda está na dúvida?

Créditos: Reprodução

É normal ficar em dúvida ou inseguro quando pensar em ter um filho. Para a psicóloga Joyce Marter, o problema é sentir essa insegurança por muito tempo e, se isso acontecer, ela sugere que você:

  • Escreva suas preocupações em um papel. Isso vai ajudar a aliviar a ansiedade.
  • Converse com sua parceira e fale sobre suas preocupações de forma direta.
  • Discuta o assunto com seus amigos e família. Você pode até conversar com seus amigos que já têm filhos e descobrir quais foram suas dificuldades no processo inicial, isso pode te ajudar a decidir se realmente quer ter um bebê agora. Porém, lembre-se: cada experiência é diferente.
  • Procure ajuda profissional. Você pode achar que é inútil mas, mesmo assim, a terapia é algo excelente para entender seus desejos e a origem dos seus sonhos, compreender seus comportamentos e enxergar o que é melhor para você.

Se mesmo assim você estiver inseguro, talvez seja melhor adiar a decisão. Ter um filho é um grande passo e você precisa estar confiante para encará-lo.

 

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »