Novo “Exterminador do Futuro” podia ser uma boa surpresa, mas trailers entregam tudo

terminator-genisys-poster

Era questão de tempo. Todos sabiam que Arnold Schwarzenegger voltaria à carreira de ator ao terminar seu mandato no governo da Califórnia. Coincidência ou não, encerrou sua carreira política ao mesmo tempo que Sylvester Stallone resgatava o gênero de filmes brucutu dos anos 80 com “Mercenários”.

Não era de se estranhar que o austríaco, uma hora ou outra, voltasse ao papel que o impulsionou para o estrelato: o Exterminador do Futuro. Mas, depois de um terceiro e quarto filme que não vingaram, será que a franquia ainda tem boas histórias para contar?

O MHM assistiu ao novo filme de Arnold Schwarzenegger e te conta o que achou da experiência. Confira o vídeo com nossas primeiras impressões (aproveita e se inscreva no nosso canal do Youtube):

Ele voltou

Terminator-Genisys-Movie-Poster-T800

De cara é bom saber que “O Exterminador do Futuro: Gênesis” ignora os acontecimentos de “O Exterminador do Futuro: A Salvação” e também deixa de lado tudo que aconteceu no segundo e terceiro filme da franquia.

Logo, para você conseguir pegar boa parte das referências, é bom que você assista o primeiro filme de série novamente.

A história começa no futuro, onde a humanidade luta contra as máquinas. Ao saber que a Skynet enviou um exterminador ao passado com o objetivo de matar sua mãe, Sarah Connor, antes de seu nascimento, John envia o sargento Kyle Reese de volta ao ano de 1984, na intenção de garantir a segurança dela.

Entretanto, ao chegar Reese é surpreendido pelo fato de que Sarah tem como protetor outro exterminador T-800, enviado para protegê-la quando ainda era criança.

3034298_sarahconnor

Ao mesmo tempo que resgata velhos elementos clássicos da franquia – motos, jaquetas de couro, frases de efeito  – este novo filme tenta quebrar o status quo, criando alguns novos elementos e deixando pontas soltas para novos filmes. Uma pequena evolução natural que a série precisava há algum tempo.

Um bom exemplo disso é que os personagens de Sarah Connor e Kyle Reese são os protagonistas – e fios condutores – da trama, deixando o personagem vivido por Arnold Schwarzenegger um pouco de lado dessa vez.

O que não é ruim, já que o Governator já não possui o vigor de antes e seu forte nunca foi atuar. Sobra para ele bons momentos de comédia e figurar as cenas de ação principais do filme.

Porém, mesmo com essa evolução, fica a impressão de uma história meio corrida e não muito bem resolvida. Várias coisas não são explicadas ou são simplesmente deixadas de lado para, quem sabe, serem respondidas em um novo filme.

eDOZ5c9

Uma pena se levarmos em consideração o quanto o segundo filme da franquia tinha uma história muito bem resolvida e que tentava amarrar todas suas pontas. Ainda dá para se divertir?

Dá. Mas é bom abaixar um pouco as expectativas.”O Exterminador do Futuro: Gênesis” é um filme mediano, mas que acerta e cria novos rumos para a série. Algo que os fãs esperam faz algum tempo.

A divulgação que exterminou a graça do filme

terminator-genisys-emilia-clarke-arnold-schwarzenegger

Esqueça o T-1000 ou aquela mina do terceiro filme: O maior vilão da franquia “O Exterminador do Futuro” é a sua equipe de divulgação. Já tinha acontecido no trailer do segundo filme, onde relevam que Schwazza era o mocinho – um suspense que é mantido até um terço do filme.

Só que em “O Exterminador do Futuro: Gênesis” o golpe foi mais baixo ainda. Quem viu os trailers de divulgação do longa já sabe a reviravolta principal da trama, quem é o verdadeiro vilão e até mesmo viu as melhores cenas de ação do filme.

Se um spoiler já é irritante em uma série de 10 episódios como Game of Thrones, agora imagina em um filme que é mais curto e custa mais caro de assistir?

terminator-

Sem brincadeira. Existem dois filmes: Para quem acabou vendo o trailer – mesmo que sem querer – e para quem não viu. Os do segundo grupo vão se divertir muito mais que os primeiros.

Queria falar que o filme é sim uma boa surpresa, mas infelizmente não me deram o direito de ter nenhuma surpresa com a história. Uma falta de respeito com os fãs da série que a mantém viva até hoje.

Fica a pergunta: Qual a graça de ver um filme cuja grande virada e partes importantes me foram reveladas em uma prévia? Vale a pena gastar 20 reais – quando não mais – em um ingresso de cinema por uma experiencia podada assim?

PS: Aliás, por falar em dinheiro gasto a toa. Evite salas com sessão em 3D. Não faz a menor diferença para a experiência do filme e você economiza uns trocados.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »