Não envelheça cedo demais

article_OldPeopleStoned

Tem algumas perguntas em especial que me irritam muito. “Ah, mas quando você vai casar?”, “Você não está velho demais para ir balada com os amigos?” ou “Na sua idade e jogando videogame?”.

Tenho 28 anos e, aparentemente, algumas pessoas acreditam que eu já vivi o suficiente a minha vida para poder continuar me divertindo do jeito que eu gosto.

Acredito que não é só porque você chegou aos trinta que deve abrir mão do direito de aproveitar o tempo livre do jeito que quiser. Afinal, não é como se as três décadas viessem com grilhões que te prendem para sempre dentro de casa ou em jantares formais com assuntos chatos.

Sou contra esses que rotulam todo comportamento em prol se divertir como “Síndrome de Peter Pan”. E, é com a boca cheia que eu te digo: Fodam-se eles. Se você puder, não envelheça nunca.

18izkpwkfalrmjpg

Isso não quer dizer fugir das suas responsabilidades. Você deve ser responsável pelas suas contas e arcar com as consequências de seus atos. Passou dos 18 anos, você é responsável por aquilo que faz da sua vida. Mas nem por isso, você deve se tornar um pé no saco.

Envelhecer é seu corpo perder funções de células, órgãos, estruturas e ter seu funcionamento alterado. Tem energia, disposição e companhia? Então, saia e curta.

Valorizamos demais o “velho e experiente”, porém, damos valor de menos para o ato de viver a vida. Você – se tiver muita sorte – terá de 70 a 80 anos de vida.

Será que a vale a pena parar de aproveitar quando chega em menos da metade do caminho?

Sei que, com a idade, mudamos e sofisticamos nossos gostos. Diminuímos a intensidade e valorizamos a qualidade. Mas nem por isso, devemos deixar a diversão de lado.

Quer aprender uma dança, uma modalidade de luta ou até mesmo fazer uma faculdade? Nunca é tarde demais para isso. Quer jogar um game, ler uma história em quadrinhos ou ir para o boteco? Divirta-se.

Você tem todo direito de curtir a sua vida o quanto quiser, contanto que não afete os outros. Se é você que paga suas contas, quem pode te julgar?

Não podemos considerar diversão como algo exclusivo para jovens e crianças. Todo mundo tem direito ao riso e ao prazer, não importa sua idade.

Então, cara, se você vai gastar tua grana comprando vinhos caros ou jogos para seu PlayStation, problema seu. Ninguém tem nada a ver com isso. Não deixe que alguém te diga como se faz para ser feliz. Seja feliz do seu jeito.

 

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »