Homens têm mais risco de morrer do coração do que as mulheres

Apesar de pesquisas já terem mostrado que, se sofrer um ataque cardíaco, uma mulher tem mais chances de morrer do que um homem, o risco de doenças cardíacas é maior entre eles.

Os ataques cardíacos no sexo masculino podem ocorrer mais cedo e, mesmo depois da menopausa, quando a taxa das mulheres aumenta, ela nunca é tão elevada quanto a dos homens.

Aliás, os homens costumam morrer mais cedo do que as mulheres e muitos médicos dizem que essa diferença pode ser explicada, entre outros motivos, pelo descaso que o sexo masculino tem com a saúde. Enquanto as mulheres costumam visitar o médico com uma frequência maior, os homens fazem menos exames de rotina e só consultam um médico em caso de emergência.

Fatores de riscos que aumentam a chance de ataque cardíaco

Em 2009, o Ministério da Saúde lançou a Política Nacional da Saúde do Homem. Nesse documento, várias estatísticas foram compartilhadas e muitos dados seguem atuais.

Para entender o porquê dos homens terem mais chance de morrer do coração do que as mulheres, listamos os principais fatores de risco:

Uso de álcool (15,2%): O uso moderado do álcool aparentemente tem um efeito protetor para a doença cardíaca isquêmica (angina, infarto cardíaco) e para a forma isquêmica da doença cerebrovascular (mais conhecida como AVC ou derrame). Porém, existem dezenas de doenças que pioram ou surgem com o uso contínuo do álcool, mesmo quando a pessoa não é alcoólatra. Como os homens bebem muito mais do que as mulheres, o resultado é que o sexo masculino sofre 6,0 vezes as consequências que o sexo feminino sofre pelo uso excessivo do álcool.

Tabagismo (4,2%): Este é outro fator de risco tradicionalmente ligado ao gênero masculino. Muitas mulheres fumam, mas o número de fumantes ainda é maior entre os homens e, por isso, a carga de doença decorrente do uso do tabaco nos homens é 2,6 vezes a das mulheres. O fumo acarreta maior vulnerabilidade às doenças cardiovasculares, câncer, doenças pulmonares obstrutivas crônicas, doenças bucais e outras.

Pressão alta (3,3%):  A pressão ideal é menor do que 12 por 8. Acima disso, o risco de AVC, infarto cardíaco, amputação e várias outras doenças cardiovasculares (do coração e dos vasos sanguíneos) só aumenta. No Brasil, os homens têm 20% mais problemas de doenças causadas pela pressão arterial do que as mulheres, e esse cenário poderia ser completamente diferente se os homens tivessem o hábito de visitar o médico com frequência.  

Colesterol alto (2,1%): Esse é um dos principais fatores de risco para a doença cardíaca isquêmica e o colesterol alto costuma surgir cerca de 5 anos mais cedo para os homens.

Obs: A “carda de doença” é um termo médico utilizado para expressar o impacto de uma doença ou fator de risco. Segundo o Doutor Leonardo Ferreira Fontenelle: “esse impacto é medido em anos de vida perdidos (quando mais precoce a morte, pior), e ajustado para o grau de incapacidade das pessoas que não morrem mas têm que conviver com a doença ou uma consequência da mesma”.

Outros fatores de risco, como obesidade e diabetes, também podem causar problemas graves no coração. Apesar das mulheres sofrerem mais os efeitos dessas doenças, muitos homens acabam tendo um ataque cardíaco por causa da má alimentação e falta de atividade física.

Maus hábitos

Um estudo realizado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) mostrou que as doenças cardiovasculares foram a principal causa de morte em homens em 2009 – um em cada quatro morreu por causa disso.

Como hoje as mulheres já exercem as mesmas funções dos homens, aquela história de cuidar da casa e da família enquanto o homem trabalha não existe mais e, por isso, o estresse no trabalho e a intensidade das atividades profissionais não justifica a diferença entre a probabilidade de um homem e uma mulher enfartar.

Porém, ainda existe um predomínio na incidência de doenças cardiovasculares em homens pois eles lidam com o estresse de forma diferente e suas emoções levam ao aumento da pressão arterial e a hábitos alimentares inadequados.

Em uma entrevista para a Revista Viva Saúde, Ricardo Mourilhe, vice-presidente da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (Socerj), diz: “Se você colocar uma mulher nas mesmas condições, os riscos são os mesmos. Os homens ainda apresentam maior tendência a comer pior, fumar mais e ainda faltam às consultas médicas”.

Ou seja: comer bem, praticar atividade física, beber com moderação e largar o cigarro são atitudes que vão te fazer viver mais mas, além disso, você precisa visitar o médico pelo menos uma vez por ano.

As principais doenças

As principais doenças do coração são: o infarto do miocárdio e a doença arterial periférica – o estreitamento das artérias que levam sangue ao coração. Mas Ricardo Mourilhe afirma: “Porém, outras doenças cardiológicas não menos importantes ou graves devem ser lembradas, tais como as doenças valvares, congênitas, hipertensivas e a insuficiência cardíaca”.

As causas dessas doenças, como já listamos anteriormente, estão relacionadas a comportamentos de risco, como tabagismo, obesidade, fatores psicossociais, sedentarismo e estresse.

A prevenção

Você provavelmente já sabe como se prevenir desses problemas, mas a gente precisa lembrar: controle os fatores de risco. Adquira hábitos saudáveis na alimentação, diminua o consumo de sódio, açúcar e gordura e faça atividade física pelo menos 30 minutos por dia.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »