Eu e #minhaamigascreta

Couple Looking at Each Other

Fui dormir ontem com o estouro do #meuamigosecreto. E achei foda. Nos mesmos moldes do #vamosfazerumescandalo e #meuprimeiroassedio, a campanha estava trazendo a tona casos de abusos que muitas minas sofrem e precisam ser combatidos.

+ Entenda a #meuamigoscreto aqui

Não foi a toa que, como em outros casos, corremos aqui no MHM para dar a nota falando a respeito da hashtag.

Mas, é comum que, ao chegar nas redes sociais, uma campanha se transforme e acabe indo para outros lados não esperados. Acho importante trazer esse tipo de campanha para o público masculino.

Hora depois, o que eu vi aqui – deixando claro que esta é uma visão pessoal – foram muitas mulheres apontando dedos, com razão, para o comportamento errado de muitos caras. Mas detectei que, muitas destas, por experiência pessoal, estão longe de seguir o exemplo que cobram do sexo oposto.

(Deixo de fora esse texto qualquer pessoa que aproveitou o movimento para deixar aquela indireta marota para o boy).

Por exemplo, uma das garotas reclamando que o “amigo secreto” dela chama ela de “Capitu” até hoje por causa dos caras que ela pegava quando mais nova, foi a mesma pessoa que, dia desses, falou para mim que mulher só apanhava porque gostava. “Se continua casada é porque merece apanhar”, lembro da fala.

Este não foi o único exemplo, várias outras cobravam do sexo oposto atitudes as quais estão longe de também cumprir.  Ai chego a minha questão: Até que ponto podemos cobrar uma atitude que nós mesmos não praticamos?

Afinal, acredito que não é um gênero que dissemina esse ou aquele comportamento. É uma questão de uma sociedade inteira.

Sororidade e apontamentos

Podemos apontar na cara de um #amigosecreto, mas uma #amigasecreta, que reproduz o mesmo discurso e tratamento deve ser tratada com s sororidade e pedagogia. Ao caras, exposição pública e xingamentos, a mulheres que chamam umas a outras de putas, tem que dar um “perdoa pai, elas não sabem o que fazem”.

A idéia de que os oprimidos, por serem oprimidos, não reproduzem a lógica da opressão é no mínimo ingenuidade. Ainda mais tendo que em vista que o problema em si é o jeito como um grupo de pessoas se relaciona entre si.

Não é uma luta de Clube do Bolinha contra o da Luluzinha. Todo mundo está no mesmo barco e na mesma conversa.

Entendo que muitos movimentos pelos direitos das mulheres lutam pelo protagonismo de suas conversas. Justo e certo. Mas acredito que o caminho para equidade não seja apenas apontar a figurina masculina como vilã da história toda (segundo um cara que pintou em um comentário meu no Facebook, eu deveria sentir culpa de ter nascido homem).

USA, New Jersey, Jersey City, Young couple sitting on couch

Temos sim que dar a garantia espaço de fala para elas. É preciso falar sério e conscientizar a todos das pequenas violências diárias, mas isso não significa todos homens se calarem para sempre.

Pelo contrário, tem mais é que conversar, porque, pela experiência de 4 anos que temos aqui no site, o que mais vemos são caras que não entendem que este ou aquele comportamento pode ofender ou oprimir.

Quando falamos de direitos iguais. não estamos falando de passar o pau de um sexo para o outro poder mandar e desmandar no outro. É sobre respeitar a vez do outro falar, não só calar a boca.

Precisamos sim de iniciativas como o #vamosfazerumescandalo,#meuprimeiroassedio e o #chegadefiufiu, mas é preciso espaço também para enxergar os pontos críticos dos mesmos para melhorar, ser inclusivo e ampliar alcance.

Porque o meu #amigosecreto faz merda, mas a #minhaamigasecreta também. E o que importa no fim do dia é uma sociedade melhor sendo construída e não que impere um revanchismo.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »