Comprou na Black Friday e se deu mal?

black friday

Poxa aquele produto pela metade do dobro do preço não era o que você estava esperando? Não funcionou? Estava com algum defeito?

Calma jovem, vamos lhe mostrar a luz. Se você acabou se empolgando e comprando coisas que não precisava nesse Black Friday, você pode, se estiver insatisfeito com o produto, requerer a desistência da compra e pedir seu dinheiro de volta.

Mas calma, vamos explicar quando e como você terá esse direito. São duas as hipóteses onde você, consumidor, tem direito a troca ou desistência da compra, veja abaixo:

1# Compras realizadas fora do estabelecimento comercial (internet ou telefone)

Muito comum na versão brasileira da Black Friday, é a compra pela internet. A maioria esmagadora das promoções ocorrem on-line em sites de compras. Bom, nesses casos o consumidor tem direito a desistir da compra e ter seu dinheiro de volta, este é o chamado direito de arrependimento. Olha o que o Código de Defesa do consumidor diz:

“Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

Parágrafo único. Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados.”

Portanto, nesses casos, onde você adquire um produto fora do estabelecimento comercial, ou seja, pela internet ou telefone, você pode em até 7 (sete) dias contados a partir da entrega do produto, requerer o cancelamento da compra e ter seu dinheiro de volta integralmente. Mesmo que a loja declare possuir uma política de trocas diferente, o que é bastante comum, não poderá deixar de garantir o direito de arrependimento em 7 (sete) dias.

black friday 2

2# Compra de produtos no estabelecimento comercial (lojas)

Agora, se você adquirir um produto direto na loja, seja no shopping ou na rua, e o produto apresentar algum defeito ou vício, você tem que requerer em até 30 dias o reparo do defeito. Se nesses 30 dias a loja ou o fabricante não sanarem o problema, você pode de imediato exigir: a) a troca por outro produto em perfeitas condições; b) a devolução integral da quantia paga, devidamente atualizada ou; c) o abatimento proporcional do preço pago.

Obs.: Só um alerta, nas comprar direto nas lojas, não existe o direito ao arrependimento que vimos acima.

É isso aí galera, fica aqui a dica, se por acaso algum de vocês tiverem problemas nessa Black Friday, saiba que vocês têm o Código de Defesa do Consumidor ao seu lado. E procure um advogado caso o negócio embace.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »