Como se recuperar de uma primeira má impressão

Que clima chato, não é? Aquele silêncio depois de dizer algo que não foi lá tão inteligente, aquele olhar de reprovação depois de exclamar alguma opinião para tentar agradar alguém e o tiro sair pela culatra, aquela simples palavra que deu a entender um desinteresse quando, na verdade, você estava doido pra beijar a garota.

A vontade é mesmo sair correndo, desistir do emprego, da nova amizade, de um possível relacionamento. A gente está acostumado a ouvir que “a primeira impressão é a que fica” desde quando somos bem novos e, por isso, é difícil acreditar em qualquer retaliação.

Bom, nós temos uma boa surpresa pra você: dá, sim, para se recuperar de uma primeira má impressão, e nós vamos te dizer como!

Decida se você deve (ou não) agir

Antes de pensar em como retaliar a primeira má impressão, você deve decidir se vale mesmo a pena dedicar seu esforço e tempo no processo.

Se você, por exemplo, simplesmente conheceu alguém na rua ou em alguma festa cuja importância na sua vida é questionável: por exemplo, se não for alguém importante para os seus negócios ou alguém realmente interessante para manter um relacionamento, a melhor opção é simplesmente ficar de boa.

O Dr. Dave Stachowiak, especialista em coaching, diz: “Todo mundo já causou uma primeira má impressão. É humano. Todos temos um dia ruim. A questão é: vale a pena tentar consertar? O que você fez realmente foi algo tão impactante assim? Se não, não se preocupe”.

Porém, se a pessoa é alguém que pode ser importante para você – como um novo chefe ou uma garota em um encontro – a maneira que você reage é realmente significativa.

Aja rápido e se desculpe imediatamente

Você sabe que falou besteira, não sabe? Bom, o segredo é saber e ter bom senso. Neste caso, você provavelmente sabe que pisou na bola porque quem não sabe, obviamente não acha que causou uma má impressão.

Então, seja rápido – inclusive, mais rápido do que a besteira que saiu da sua boca: “Pesquisas mostram que quando fazemos um novo contato, nós decidimos se gostamos de alguém – e as pessoas fazem o mesmo com a gente – em uma fração de segundo”, diz Patti Wood, no livro “Snap: Making The Most of First Impressions, Body Language, and Charisma”.

Então, o primeiro e mais óbvio jeito de se recuperar de uma má impressão é pedir desculpas. Muitas vezes, a má impressão não é formada exatamente pelo o que você falou, mas pela maneira como você reagiu ao que disse. A falta de preocupação deixa aquele gosto ruim na boca de quem escuta algo ruim. Por isso, se desculpar de forma rápida pode resolver o problema.

Mas – e aqui temos um grande “mas” – muitas pessoas acabam encarando o pedido de desculpa como um sinal de fraqueza. Bobagem, eu sei, mas isso acontece e se você pensa assim, tire isso da sua cabeça: pedir desculpas é uma ferramenta simples para preservar e estender relacionamentos, algo intrínseco à natureza humana.

Para os orgulhosos

Se você acha que o que disse não foi tão grave para ser seguido de um pedido de desculpas – ou seja, se você é orgulhoso – aqui vão alguns eufemismos:

  • Peça a opinião da pessoa: por exemplo, você pode simplesmente perguntar o que ela está achando do lugar em que vocês estão ou pedir algum conselho sobre o que faria em determinada situação. Mostrar interesse pela opinião de alguém pode ser visto como um sinal de respeito, o que pode, de alguma maneira, agir da mesma forma que um pedido de desculpas.
  • Se você está em algum evento, ofereça uma bebida ou algo para comer: isso não é o mesmo que se desculpar, mas é uma forma não-verbal de tentar compensar algo ou demonstrar humildade e gratidão.
  • Dê uma razão justificável para a sua primeira má impressão: como, por exemplo, dizer que não dormiu direito ou que está trabalhando muito. Você não quer parecer dramático, é lógico, mas isso é melhor do que simplesmente parecer um babaca.

Porém, se você estiver em alguma situação única, como, por exemplo, uma reunião importante ou um único encontro com alguém que vai viajar no dia seguinte, é melhor pedir desculpas imediatamente, não importa o quão durão você ache que é.

Stachowiak explica: “Se é uma oportunidade única, não há nada a perder ao pedir desculpas e tentar consertar seu erro”. Se você falhou com clientes, por exemplo, pode mandar um e-mail sincero explicando o que aconteceu e pedindo uma segunda chance, por exemplo.

Mas, se você pisou na bola no primeiro encontro, mande uma mensagem e peça desculpas. A maioria das pessoas costuma entender.

Admita o seu erro, mas não fique preso nele

Todo mundo fala besteira, todo mundo pisa na bola, todo mundo diz algo que se arrepende. Ok, passou. Se você já admitiu o erro e pediu desculpas, bola pra frente. Não fique se remoendo por causa disso e também não exagere.

Por exemplo: você deixou escapar algum comentário bem idiota durante um jantar com a garota dos seus sonhos? Ok, isso acontece. Não pediu desculpas na hora? Tudo bem, isso também acontece. Mandou mensagem para ela quando chegou em casa e explicou a situação? Ótimo!

Ela ainda não respondeu e você mandou outra mensagem? Bom, já chega, né? Você mandou outra mensagem depois? E mais outra? Você escreveu um e-mail também? Cara, chega. Já deu.

Você pode, inclusive, pedir desculpas depois de uma semana do ocorrido, mas pedir milhares de desculpas seguidas e ficar remoendo o problema não é o gesto mais inteligente.

Use a estratégia do engodo

Engodo é uma estratégia, normalmente utilizada em guerras, que consiste em, basicamente, distrair o inimigo. Então, faça o mesmo – não estou falando pra você considerar uma futura namorada ou seu chefe como inimigo, mas você entendeu. Não? Vou explicar.

Para se recuperar de uma primeira má impressão, demonstre para a pessoa um lado mais favorável e agradável da sua personalidade.

Por exemplo, se você falhou em uma piada bem babaca, demonstre sinceridade. Se você tentou ser sincero e o tiro saiu pela culatra, demonstre compaixão. Mudar o foco de alguém para algo que você gosta na sua personalidade pode te ajudar a mudar a percepção dessa pessoa sobre você.

Seja consistente

Você falou uma besteira, certo? Ok. Bom, para fazer com que a pessoa acredite que você não é o tipo de cara que fala esse tipo de besteira, você precisa ser consistente.

Digamos que você acabou de conhecer sua cunhada e ela está grávida. Por timidez, nervosismo ou simplesmente por não saber como começar uma conversa, você disse algo neste sentido: “Boa sorte, hein?! Ter um filho deve dar muito trabalho!”.

Se você acha que ninguém falaria algo assim na primeira conversa, sabia que eu mesma já disse esse tipo de coisa e me recuperei tentando mostrar que eu não odeio crianças, só tinha me expressado mal.

Além de pedir desculpas, eu fui consistente em demonstrar quem eu sou. A grávida, aliás, não era minha cunhada, era a minha chefe quando eu era estagiária. Para resolver a situação, fiz questão de ajudá-la com as compras pro bebê, frequentemente eu fazia comentários que demonstrava o meu interesse e logo, logo tudo se resolveu.

As primeiras impressões não são as últimas

Muitas vezes, colocamos muita pressão sobre as nossas costas e somos duros demais com a gente. Por isso, em várias situações da nossa vida, a gente precisa enxergar a hora de deixar um problema de lado.

Aprenda com seus erros e siga em frente, paciência!

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »