O nosso antiquado medo de sermos chamados de viado na rua

Freddie-Mercury-HQ-freddie-mercury-31872940-1200-1286

“Triste época é mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito.” – Albert Einstein

Para os que não sabem além da minha formação de jornalismo, também sou formado em um curso de teatro. Durante alguns anos, participei de diversas montagens teatrais. Foi neste ambiente onde conheci meus primeiros amigos homossexuais e, pela primeira vez, me deparei com um dilema.

Em uma conversa de bar, um deles fez uma brincadeira comigo a qual prontamente respondi. “Ah seu viado, vai dar o cu.” De bate pronto, ele respondeu: “Vou. Adoro”. Me desarmou completamente.

Percebi que todas as ofensas que normalmente eu faria e irritariam meus amigos heterossexuais simplesmente não funcionavam naquele cara.

O dilema veio a tona novamente esses dias, quando eu e o Leonardo fomos entrevistados pelo programa Lado Bi sobre a relação conflituosa entre héteros e gays. Em determinado momento, nos perguntaram: “Por que homens gostam tanto de xingar os amigos de gay ou viado?”

Tudo bem que tudo é uma questão de contexto e muitas vezes um comentário desses nem vem com tom ofensivo, mas sim como uma zoeira com um amigo querido. Mas, já mostra o tom pejorativo que damos para orientação sexual de uma pessoa. Como se ser gay fosse uma coisa horrorosa.

Não se engane. Não estou falando que você deve se envolver sexualmente com outros homens ou começar a só ter amigos gays. Acontece que o que um cara faz em sua vida amorosa não afeta nada a você.

Milk-1024x964

Acredito que a gente se sinta ofendido de ser chamado de gay porque ainda temos aquela velha noção de nossos avós de que um homem é um conceito estabelecido e intocável.

Um homem deve falar grosso, agir sempre maneira formal, não deve ter nenhuma preocupação com aparências, não deve demonstrar nenhum sentimento, só pode tomar cerveja, tem que ser o mantenedor do seu lar, e por aí vai. Tudo que transite fora dessa linha é uma infração e faz de você um homossexual ou uma mulher.

Para o cara que segue as regras acima, a heterossexualidade dele está sempre à prova. Não pode se sensibilizar com um filme, senão é taxado de gay. Não pode tomar uma caipirinha de morango, que é coisa de mulher ou viado. Não pode se vestir bem já que isso…. É, vocês entenderam.

russo1

Não preciso dizer que isso é uma falácia gigante, coisa de gente alienada e de quem não sabe pensar por si próprio. Você pode seguir todas essas regras, mas nenhuma delas vai definir mais ou menos sua sexualidade e hombridade.

Chamamos uns aos outros de gay e viado por um preconceito que está enraizado dentro da gente. Por medo que alguém realmente ache que somos homossexuais e isso vá afetar a forma como o mundo nos vê.

Se tem uma coisa que aprendi com o tempo é uma pessoa ruim vem em qualquer tipo de forma. O mal caratismo independe de cor, credo, sexualidade e até mesmo quantidade de dinheiro no banco.

Quer uma ofensa melhor que bicha, viado, gay e coisa do tipo? Que tal mal caráter, corrupto, bandido e coisa que realmente afetam a moral de alguém, não uma orientação sexual e que mal nenhum faz para a sua vida? Ou de ninguém.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »