8 Motivos pelos quais gostamos tanto dos filmes de Rocky Balboa

Confira as razões pelas quais somos fãs da série

O que dizer de uma série que fez de um Zé Ninguém um astro de cinema, deu-lhe o prêmio máximo de Hollywood, angariou milhares de fãs no mundo inteiro e ainda ultrapassou as telonas, fazendo o personagem principal ser comparável a ídolos máximos do esporte que os filmes retratavam?

+ Confira 13 coisas que aprendi com Rocky Balboa
+ Veja 20 incríveis ensinamentos de vida com Sylvester Stalonne

Apesar de ser produzida em boa parte dos anos 70 e 80, Rocky Balboa proporcionou imagens, frases e músicas inesquecíveis para todas as idades. É quase impossível ficar indiferente após ouvir um Gonna Fly Now, ou ver o vídeo em que Sylvester Stallone aconselha seu filho no último longa lançado.

Todos nós sabemos que o personagem Rocky Balboa, e portanto seus filmes, são inesquecíveis. Qualquer um deles. Até mesmo o quinto, que o próprio Sly considera um filme ruim, você acaba envolvido pela trama e vai torcer pela briga de rua no fim. Afinal, é o Rocky, o cara com a boca torta e o falar estranho mais amado das telas.

É por estes e tantos outros motivos que somos apaixonados pela série e curtimos tanto o Garanhão Italiano. Quer conferir as razões? Confira aqui embaixo:

1# Um filme sobre um cara qualquer

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa 8

– Você tem algum antecedente criminal? (pergunta um recrutador de profissionais, em Rocky 2)
– Nada que eu possa me gabar… (responde Balboa)

Antes de levar o boxe à sério e largar o amadorismo, Rocky Balboa era praticamente um Zé Ninguém, sem ter onde cair morto. Um pau-mandado da máfia contratado para cobrar dívidas e quebrar dedos. Ele não gostava de bancar o machão, só queria ganhar uns trocados para aguentar a barra de viver em um subúrbio violento e com poucas chances da Filadélfia.

As únicas coisas que ele tinha a seu favor eram o treinador ranzinza mas que confiava em seu talento, a namorada problemática e estranha, um pouco de força de vontade e um talento meio tímido, mas presente. Aí que está o seu carisma e onde surge a nossa identificação. Se este cara com todas as limitações consegue chegar lá, por que você não consegue?

2# Rocky mostra o quanto  a vida é dura

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa
“E quando as coisas vão mal, você procura alguém para culpar, como se fosse uma sombra. O mundo não é um arco-íris em um amanhecer, na verdade é um lugar ruim e asqueroso. E não importa o tão durão você seja, apanhará e ficará de joelhos, se assim permitir. Nem você, nem ninguém baterá tão forte quanto a vida. Não importa o quão forte você golpeia, mas sim, quantos golpes você aguenta levar e continuar em frente, o muito que você possa aceitar e seguir adiante. Assim é a vida!.” (Rocky 6)

Se tem um cara que tomou porrada da vida, este foi Rocky Balboa. E apesar dos socos que levou, Rocky sempre se levantou e continuou lutando. Ele levou muita porrada dos adversários, perdeu a esposa, o treinador, o melhor amigo, viu o filho virar um coxinha retardado, teve que se aposentar, virou motivo de galhofa e ainda teve que cuidar do cunhado vagabundo.

Teve glória, teve dinheiro, ficou sem os dois, caiu no esquecimento e nunca desistiu. Melhor do que ver um azarão vencer, é ver ele não desistir. E quando ele ganha, você tem a sensação de que ele mereceu muito aquilo lá.

3# Não é uma série sobre vitórias

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa 11
Se você parar para assistir, e entender a série, verá que as vitórias são o que menos importam na vida de Rocky Balboa. Tanto que o primeiro e último filme o lutador não é agraciado com ela. Para o Garanhão Italiano, mais importante do que chegar lá e vencer, é ter uma chance, abraçá-la e tentar. A vitória entra como consequência.

Isto leva-nos a pensar que os meios para conquistar um objetivo são até mais importantes do que o objetivo final.

4# Rocky não espera o ambiente perfeito, ele faz a sua oportunidade

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa 2
Correr quase 50 km calçando um All Star, bater saco com um pedaço de carne, correr com troncos, puxar carroça, etc… Você não verá Balboa chorando pelos cantos a cada adversidade, fazendo corpo mole ou coisa do tipo.

Rocky não espera a situação perfeita, ele constrói ela. Que tal deixar de lado todas as dificuldades que você impõe ao seu sonho e começar a botá-lo em prática, mesmo que tenha que replanejar mais na frente?

5# Rocky é um cara visionário

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa 12
Rocky é um cara tão foda que, enquanto tentava solucionar suas questões pessoais, também ajudou o mundo a se livrar de um certo problema: a Guerra Fria!

Foi em 1985, antes mesmo da Queda do Muro de Berlin. Rocky era top, tinha grana e fama, e foi desafiado por Ivan Drago, vindo do lado vermelho do mundo, anabolizado e querendo provar que na Rússia Soviética, o boxe e tudo era melhor que no mundo Capitalista.

Depois de perder seu amigo e antigo desafeto Apollo, Rocky aceita o desafio, vai treinar na Sibéria. Mas o melhor resumo como ele transformou o futuro geopolítico mundial está em seu desabafo, no final da luta.

“Durante essa luta eu vi muitas mudanças. A maneira como vocês se sentiram sobre mim… E a maneira como eu me senti sobre vocês. Aqui dentro (ringue), haviam dois sujeitos se matando. Mas, eu acho que isso é melhor que vinte milhões. O que eu estou tentando dizer é que, se eu posso mudar, vocês podem mudar, todo mundo pode mudar!

No final do discurso, o público e até os representantes da alta cúpula do governo da URSS levantam-se para aplaudir Rocky. Depois disso, veio a Glasnost, Perestroika e fim da URSS cinco anos depois. É mole ou quer mais!

6# Duelos épicos

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa 3
Se tem uma coisa que você aguarda ansiosamente, é pelos confrontos épicos dos filmes de Rocky Balboa. Você não verá nenhuma luta que dure dois ou três assaltos, quase todas elas arrastam-se até 15 rouds, com rostos deformados, lutadores acabados e muita porradaria.

Rocky duela por duas vezes com Appollo Creed, tem uma luta memorável com Ivan Drago, arrisca uma luta livre com o gigante Hulk Hogan e termina em um belo confronto com o lutador muito mais jovem e profissional, Mason Dixon. Vai dizer que não ficou com vontade de conferir algum confronto desse?

7# Trilha Sonora fantástica

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa 6
A série Rocky possui uma trilha sonora excepcional e é impossível ficar indiferente sem ouvir alguns clássicos da série. Bill Conti, James Brown e Survivor são alguns dos responsáveis disso tudo. Vou citar seis delas que merece o seu respeito:

Gonna Fly Now 

Eye of Tiger 

Burning Heart 

No easy way out

It’s a Fight

– Going the Distance

Sem Rocky Balboa, não existiria Sylvester Stallone

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa 9
Stallone não existiria sem Rocky, tanto quanto Rocky não existiria sem Sly, mesmo com o ator admitindo mais diferenças do que semelhanças entre o personagem e o ator. Isto porque eles estão intimamente ligados ao longo da sua vida.

Apesar de acumular fama e fortuna ao longo dos últimos 40 anos, a rota que Stallone levou para chegar do topo foi uma das mais penosas de Hollywood. Sem a sua persistência, sem o seu foco e força, talvez ele teria ficado pelo caminho, como tantos outros.

Passar fome, ter que morar na rua, vender seu cachorro fiel foram alguns obstáculos que Stallone teve que passar. Lembram-se da vida miserável de Rocky Balboa? Não é mera coincidência!

Além disso, ambos são homens de família: Sly é casado há mais de 10 anos com Jennifer Flavin, com quem tem três filhos. Levam vidas regradas: a forma é mantida à base de exercícios físicos pesados e dietas. Os dois tiveram grandes perdas: Rocky vê sua mulher Adrian morrer, enquanto Stallone perdeu seu filho na vida real.

8# Filmes recheados de Lições de vida

Motivos pelos quais gostar da série Rocky Balboa 7
Sem sombra de dúvidas, nenhuma outra série ensinou mais sobre a vida e os dilemas que você vai passar durante ela que a série. Stallone afirmou que, desde pequeno, queria entrar para a indústria de cinema, pois aquilo era uma forma de inspirar pessoas. Foi isto que o motivou a vida inteira a criar filmes que inspirassem pessoas a superar suas capacidades e objetivos.

Confira algumas frases da série que são verdadeiras lições de vida:

“A ultima coisa que envelhece é o coração” (Rocky Balboa)

“A pior coisa que acontece a um lutador é quando ele fica domesticado” (Rocky 3)

“Já levou 500 socos na cara em uma noite só? Depois de um tempo começa a doer” – (Rocky,  O Lutador)

“Prefiro me arriscar fazendo algo que gosto perdidamente que se sentir perdido por não fazer o que amo” (Rocky Balboa)

“O medo é como o fogo, ele queima você por dentro. Se você controlá-lo, vai queimar você. Mas se ele o controlar, vai queimar você e tudo ao seu redor” (Rocky 5)

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »