A água tem o poder de mudar o gosto da cerveja. Mito ou verdade?

A água tem o poder de mudar o gosto da cerveja

Talvez uma das lendas mais difundidas no mundo cervejeiro dá-se por conta das milagrosas águas que servem de fontes para as cervejarias. A Brahma e Skol de Agudos (SP), a Bohemia com a água da serra de Petrópolis (RJ), A Guinness feita com água do rio Liffey, em Dublin, são bons exemplos disso. Mas será que realmente são especiais?

Desculpe desapontá-lo, mas isto não é verdade. Pelo menos não para os tempos atuais.

Por ser até 90% da composição da cerveja, a qualidade da água tem uma importância vital na feitura do fermentado. Mas, ao contrário do que pensam, o custo para qualquer cervejaria purificar e tratar a água para deixá-la com as características ideais para qualquer tipo de cerveja é muito baixo. Isto elimina qualquer diferença possível.

Este mito surgiu porque, de fato, até o final do século 19 ele era verdadeiro. Sem o conhecimento e recursos de tratamento de hoje em dia, as cervejarias tinham que ser construídas sobre ou perto de uma fonte de água potável. A composição da água cervejeira captada nesses lugares determinavam a qualidade e até mesmo o estilo de cerveja produzido.

Assim, ficaram famosas as águas cervejeiras de Plzeñ (pilsen), de Munique (Alemanha), Dublin (Irlanda), Londres e Burton-on-Trent (Inglaterra), entre outras.

Para manter os critérios de qualidade, as grandes cervejarias tem padrões rígidos na água cervejeira. Todas passam por um processo para ficarem com as mesmas composições físico-químicas. Assim, a Brahma, a Heineken, a Skol e a Budweiser são iguais, independente do local de produção.

O que realmente muda o sabor de uma cerveja

A água tem o poder de mudar o gosto da cerveja
Mas, como você não é louco, já deve ter percebido que tal cerveja fica muito mais gostosa tomada em determinado lugar que outro. Por que isto acontece?

Existe uma máxima que explica isto, que afirma que ‘A melhor cerveja é aquela que se bebe contemplando o chaminé da fábrica’. Em outras palavras, quanto mais próxima da fonte, mas saborosa vai ser.

Isto acontece porque o deslocamento e viagens afetam diretamente a qualidade da cerveja. Exposição de luz, lugares de estocagem, chacoalhar das garrafas, mudanças bruscas de temperatura, tudo interfere no sabor final.

Outro ponto interessante que modifica bastante o sabor da cerveja é a data de fabricação. Diferente do vinho, a maioria das cervejas são melhores quanto mais novas. O tempo vai alterando as propriedades da bebida, influenciando no produto a ser degustado.

Se você não acredita, faça um teste cego! Compre uma cerveja de sua escolha de várias fábricas diferentes e faça o teste, tentando identificar a origem. Depois, fale para a gente.

Fonte: Cervejas Brejas e Birras, Maurício Beltramelli

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »