Cervejaria Neozelandesa Moa traz rótulos para tomar até no café da manhã

Rótulos premiados chegam ao país para horários e ocasiões diversas

A cervejaria neozelandesa Moa desembarcou no país em 2014, oferecendo ao público rótulos premiados e a intensão de expandir seu mercado em terras tupiniquins. Para agradar o paladar brasileiro, a marca aposta em rótulos diferentes e com ocasiões diversas, para tomar desde o café da manhã até para acompanhar a sobremesa.

Conhecendo a Moa Brewing Company

Relativamente nova no mercado cervejeiro, a fábrica existe desde 2003 e com o pequeno período, já tem a fama de ter os rótulos mais populares da Nova Zelândia. Sua origem tem uma ligação com o vinho, já que seu fundador, Josh Scott, é um produtor do fermentado que se apaixonou pelo universo das cervejas artesanais depois de uma visita à Califórnia (EUA).

Quando voltou ao país de origem, percebeu que os rótulos artesanais não transmitiam a essência da cultura neozelandesa. Foi então que iniciou a produção de cervejas inserindo técnicas de produção de vinho como: uso de leveduras do vinho, envelhecimento em barril e a segunda fermentação nas garrafas (champenoise).

O grande destaque fica por conta de uso de ingredientes locais na cerveja, como o lúpulo Nelson Sauvin, que pode ser usado tanto para amargor quanto para aroma. Seu aroma lembra o maracujá.

Rótulos da Moa Brewing Company

A cervejaria trouxe para o país oito rótulos. Fomos à degustação das cervejas que incluem desde uma consumida comumente no café da manhã (Breakfast Lager) até rótulos premiados, como é o caso da Moa Imperial Stout, que leva 96 pontos no ratebeer, o maior site de avaliação de cervejas feitas por usuários. Confira os cinco rótulos que degustamos na ocasião:

Moa Breakfast (5% ABV)

Moa Breakfast 1

A cerveja conta com malte de trigo, lúpulos florais Nelson e a adição de cerejas. É um rótulo leve, com a presença forte da cereja no aroma e paladar. Apesar de ser consumida no café da manhã da Nova Zelândia, é própria para qualquer ocasião.
Estilo: Fruit Beer

Moa Methode (5% ABV)

Moa Methode

Uma cerveja pilsen com identidade. Leva leveduras de champanhe. Apesar do rótulo leve, tem um amargor presente.
Estilo: Bohemian Pilsener

Moa Five Hop (6,2% ABV)

Moa Five Hop

Uma versão neozelandesa do estilo English Pale Ale, leva 5 lúpulos em sua receita. Uma cerveja com aroma floral, mel e laranja. No sabor, nuances cítricos, mel e um amargor equilibrado.
Estilo: English Pale Ale

Moa St. Josephs (9,5% ABV)

cerveja Moa st josephs

Uma cerveja do clássico estilo belga Tripel. Conta com notas de aroma e sabor de especiarias, caramelo e banana e cítrico de laranja. O alto teor alcoólico é percebido no paladar, tornando a bebida licorosa.
Estilo: Belgian Tripel

Moa Imperial Stout (10,2% ABV)

cerveja Moa Imperial Stout

O rótulo que ganhou destaque dentre as degustadas. Com uma porrada de 100 IBU’s (unidade de amargor), a bebida é envelhecida em barricas de carvalho francês. O resultado é uma cerveja com notas de café, defumado, chocolate amargo e caramelo. Assim como um bom vinho, é uma cerveja de guarda. O rótulo premiado leva 96 pontos no site Ratebeer.
Estilo: Imperial Stout

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso