Degustação às cegas – o segredo de uma boa cachaça

Leonardo Filomeno

Bebida genuinamente brasileira, só no país são mais de 4 mil marcas de Cachaças registradas. Com essa quantidade de rótulos, fica difícil para um leigo escolher um bom rótulo para tomar.

Para quem aprendeu a conviver com algumas marcas apostando somente no potencial alcoólico e deixando de lado a qualidade do produto, é até compreensível certo preconceito quando ele tem em mãos uma bebida de um grande produtor, já que foi ensinado desde cedo que Cachaça boa é feita em pequenas destilarias e de forma totalmente artesanal.

Para desconstruir este estereótipo, fomos convidados pelos bróders do Papo de Homem, juntos com uma equipe de influenciadores online, para fazer uma degustação às cegas de um novo produto no mercado, no restaurante Mocotó. Sem ao menos saber que tipo de bebida era, encaramos o desafio.

Confira o vídeo de como foi a experiência de conhecer a Cachaça Ypióca Cinco Chaves, o rótulo premium e edição limitada, envelhecido em barris de castanheira, carvalho e umburana.

A experiência

É lógico que o ambiente já forneceu algumas dicas do que estava por vir. O restaurante Mocotó, em São Paulo, é conhecido por sua tradicional culinária nordestina e a vasta carta de Cachaça.

Chegando a degustação, primeiro fomos convidados por Leandro Batista, sommelier de Cachaças, para sentir aromas que, de certa forma, alguns deles poderíamos encontrar na bebida até então desconhecida. Essa experiência foi bem válida para educar o paladar e associar mais facilmente com a bebida em um segundo momento.

A bebida em si

Leonardo Filomeno

Depois foi a hora de sentir no aroma e paladar a bebida e arriscar a possível marca que estaria por trás do produto.

Ao provar, quase todos da mesa tinham uma certeza: de que aquela Cachaça era um bom produto, e com uma visão preconceituosa de que toda Cachaça de qualidade era feita por uma pequena produtora e de modo bem artesanal. Logo, não estaria associada a uma grande marca.

Foi então que nos surpreendemos ao deparar com a revelação de que a bebida era a Ypióca Cinco Chaves, um novo rótulo limitado que a gigante do setor estava colocando no mercado.

Neste momento percebemos que a qualidade de uma boa Cachaça não está ligado somente a pequenos produtores, mas ao cuidado e preocupação com o produto que a marca tem.

Conhecendo a Ypióca Cinco Chaves

Leonardo Filomeno

A Ypióca Cinco Chaves tem 39% de teor alcoólico. É uma bebida de edição limitada, com garrafas numeradas, que surgiu com um blend de Cachaças raras.

Ela é envelhecida em barris de carvalho e fornece aromas adocicados de caramelo, baunilha, além de um cítrico, e um condimento de pimenta. No paladar, as notas amadeiradas sobressaem, transformando-a em uma bebida leve e aveludada, somado a uma sensação picante, intensa, mas suave.

O rótulo também vai bem gelado, deixando ainda mais licorosa a bebida. Outra boa forma de consumo é na composição de drinks, principalmente a clássica caipirinha.

Ypióca Cinco Chaves é o primeiro blend da marca produzido após a destilaria cearense ser comprada pela multinacional Diageo, em 2012. Criada em 1846, Ypióca foi uma das primeiras Cachaças fabricadas no Brasil.

Cinco Chaves remete aos cinco segredos para produzir uma boa Cachaça: qualidade da cana, cuidado na fermentação, precisão na destilação, tempo para o envelhecimento e talento humano na criação do blend.

Dicas simples para degustar uma boa Cachaça

Leonardo Filomeno

1- Analisar a cor: ela tem que ser límpida, transparente, não pode ter nenhum detrito.

2- A oleosidade: na borda do copo costuma aparecer uma marca da Cachaça e logo depois começam a escorrer as lágrimas (se demorar, significa que a destilação é de qualidade).

3- Aroma: não pode sobressair o cheiro forte do álcool que arrepia e faz o olho lacrimejar (símbolos de Cachaça de má-qualidade). Nesse momento é bom prestar atenção no sentido, cada aroma lembra uma coisa, a Cachaça descansada na umburana lembra canela, o bálsamo lembra anis.

4- Quando você sente o aroma e começa a salivar, isso também significa aceitação do organismo. Segure a saliva na boca e misture com a dose da Cachaça, segurando um tempo para apreciar os sabores (isso alivia a queimação).

5- Depois de engolir, respire pela boca e solte pelo nariz, isso facilita sentir os perfumes da bebida.

6- O mais importante é que a bebida tem que ser gostosa. Existem outras formas que você pode apreciar uma boa Cachaça, com a bebida gelada, como ingrediente de drinks e até acompanhando um bom prato. A Cachaça Ypióca Cinco Chaves possibilita todas estas experiências e te acompanha em todas as ocasiões.

  • Se beber não dirija.
  • Não compartilhe este post com menores de 18 anos.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »